Início Notícias Marcas

Knot sustentável e solidária

A marca de vestuário de criança está a vender peças usadas na sua loja online, promovendo a reutilização e a proteção do meio ambiente. Ao carácter sustentável, o projeto re.love, como foi batizado, junta uma vertente solidária, com 5% das vendas a reverterem para a Fundação do Gil.

[©Knot]

O projeto começou por recolher vestuário usado e compensar, com vales de compra, os consumidores Knot que entregassem as suas peças. A iniciativa, que começou em 2020, permitiu recolher mais de 500 peças da marca, de diversas estações, e, depois de lavados e etiquetados, calções, t-shirts, casacos, calças e vestidos, para crianças dos 0 aos 12 anos, estão agora disponíveis para serem adquiridos em knotkids.com.

O re.love foi criado «a pensar no nosso planeta, que nos faz repensar a forma como consumimos moda», explica a marca, que desde o início tem procurado incorporar a sustentabilidade no seu percurso de crescimento. «Com um mundo em constante mudança e onde é cada vez mais urgente termos preocupações ambientais e mudarmos a forma como vivemos e consumimos, em particular a moda, o lançamento deste projeto acaba por ser um passo natural na sequência do que já tem vindo a ser construído pela marca. A Knot desde sempre produz localmente com parceiros portugueses, utilizando materiais naturais e assegurando uma qualidade superior dos produtos, para que perdurem por várias gerações», justifica em comunicado.

O projeto da revenda de peças usadas, que teve um período de teste de um mês exclusivo para clientes que tinham entregado vestuário, recebeu um feedback positivo, nomeadamente no que diz respeito ao estado da roupa.

[©Knot]
«O re.love pretende relembrar que todas as peças de roupa nascem com uma história no seu design, para depois acompanharem o crescimento de uma criança nas suas brincadeiras e momentos com amigos e família. Mas também que a história dessas peças não tem de acabar quando esta deixa de servir. São peças que já foram amadas, mas que podem voltar a sê-lo numa nova família, e criar assim novas memórias e novas histórias», afirma Carla Caetano, founder e partner da Knot.

O projeto tem ainda outras valências para a Knot, nomeadamente um reforço da relação dos clientes com a marca, e, ao mesmo tempo, incorpora uma vertente solidária, com 5% das vendas de todos os artigos em segunda-mão a reverterem para a Fundação do Gil. «A Knot sempre se associou ao longo dos anos a várias instituições com um propósito social, que promovam o bem-estar da criança e o apoio às famílias, pelo que a parceria com a Fundação do Gil acabou por fazer todo o sentido, apoiando assim na missão de ajudar crianças doentes ou em risco social, promovendo o seu bem-estar clínico, social e emocional», refere a marca.

Do lado da associação, Patrícia Boura, presidente-executiva da Fundação do Gil, assume que «parcerias como esta são sempre bem-vindas, não só pelo retorno financeiro, mas acima de tudo pelo propósito da marca e pelos seus valores que estão totalmente alinhados com os da Fundação do Gil».