Início Destaques

Lectra e Gerber interoperáveis

A apostarem cada vez mais na interoperabilidade entre vários sistemas, a Lectra e a Gerber anunciaram a compatibilidade entre o software Modaris e o AccuMark. Uma integração que pretende reforçar a eficiência da colaboração e um melhor fluxo de trabalho, graças à capacidade de conversão de moldes.

[©Lectra]

Os sistemas CAD são uma realidade na indústria da moda atual, mas devido às diferentes necessidades dos utilizadores e das funções pretendidas, designers, modelistas, programadores e equipas de produção trabalham frequentemente com diferentes sistemas e plataformas. «Assim sendo, a compatibilidade é crucial. No entanto, a interoperabilidade entre vários sistemas CAD tem representado um grande desafio para a indústria», sublinha a Lectra em comunicado.

Graças às sinergias criadas pela integração da Lectra e da Gerber, os clientes Modaris e AccuMark conseguem agora aceder a módulos que permitem, de forma rápida e precisa, fazer a conversão de moldes. Os utilizadores do Modaris podem usar o Pattern Converter, uma aplicação online que permite, com um simples arrastar e largar, converter ficheiros de formato AccuMark em formato Modaris. Já os utilizadores do AccuMark poderão utilizar o Data Conversion Utility (Utilitário de conversão de dados) ou Pattern Design (Modelação), ambos totalmente integrados no software AccuMark, para converter os moldes do Modaris para o formato AccuMark, indica a Lectra.

«Estas aplicações intuitivas e fáceis de utilizar não só eliminam o processo de conversão manual moroso e suscetível a erros, como também permitem às empresas reduzir os custos associados à conversão de dados, alargar o âmbito da colaboração e impulsionar a produtividade, simplificando a comunicação entre equipas e departamentos», sublinha a multinacional de origem francesa.

«A interoperabilidade e a fiabilidade dos dados representam um grande desafio na indústria da moda. Sabemos que os clientes da Lectra e da Gerber têm utilizado uma combinação de programas nos seus ecossistemas há décadas. Facultar-lhes a flexibilidade de que necessitam para trabalhar em ciclos de moda mais rápidos é a nossa principal prioridade. Estamos a desenvolver mais formas de facilitar as operações dos nossos clientes, independentemente das ferramentas e processos que utilizam», resume Céline Choussy, diretora de produto na Lectra.