Início Destaques

Lectra faz apresentação oficial do Kubix Link

A filial portuguesa da Lectra apresentou o Kubix Link, a mais recente solução para gerir todo o ecossistema de produtos de moda. Para além do tradicional PLM, mais focado no desenvolvimento do produto, o Kubix Link integra também funcionalidades de PIM e DAM e permite ganhos de eficiência no back e no front-office.

“Kubix Link, o poder nas suas mãos” foi o nome dado ao workshop, que juntou no final do mês de setembro, nas instalações da Lectra, em Leça da Palmeira, alguns dos clientes da multinacional de origem francesa, entre produtores e retalhistas de vestuário, para dar a conhecer a nova solução para a gestão do produto.

Assente na cloud, a solução de software Kubix Link é uma ferramenta de gestão dos processos de desenvolvimento do produto, que permite a interligação entre processos, dados e pessoas, dos designers aos comerciais, passando pelos modelistas, gestores de produto e marketeers.

Marco Lamas

Ao facilitar o trabalho colaborativo, o Kubix Link assegura, garante a Lectra, uma maior rapidez no desenvolvimento da coleção, uma vez que reúne a informação atualização em tempo real num único local. A plataforma, aberta, está disponível em qualquer dispositivo e junta capacidades de PLM (gestão do ciclo de vida do produto), PIM (gestão de informação do produto) e DAM (gestão de ativos digitais).

Um avanço para Portugal

A solução poderá ser importante no avanço da indústria portuguesa na digitalização. Essa ideia tinha já sido passada por Rodrigo Siza, diretor-geral para Portugal e Espanha da Lectra, ao Portugal Têxtil, durante a apresentação em Bordéus. ««Pela sua flexibilidade e pelo nível de configurabilidade que tem, adapta-se muito facilmente a quem está na indústria e tem processos de desenvolvimento de produto», destacou na altura.

Rafael Vargas

Uma ideia que saiu reforçada com a intervenção de Marco Lamas, professor do ISCAP-P.Porto e especialista em transformação digital e gestão de informação. Segundo Lamas, há muito terreno a percorrer, já que em Portugal apenas 11% das PME’s estão no patamar “Avançado e Proficiente” no que toca a maturidade digital. Os restantes dividem-se entre “Sem estratégia” (25%), “Principiante” (35%), “Elementar” (17%) e “Intermédio” (12%). «É prioritário integrar tecnologia digital nas diferentes áreas funcionais e, para atingir um nível “Proficiente” de maturidade tecnológica, o segredo é personalizar experiências do consumidor, conhecer as personalidades e comportamentos digitais, otimizando o envolvimento e a intimidade», sublinhou.

Fernando Ribeiro

O Kubix Link permite melhorar a visibilidade dos dados e reunir informações utilizáveis para aplicação no negócio, como demonstraram Rafael Vargas, da equipa espanhola, e Fernando Ribeiro, da equipa portuguesa da Lectra, que abordaram a estratégia da multinacional de origem francesa para capacitar os seus clientes através da inteligência industrial à medida que entram na era da Indústria 4.0.

«O Kubix Link proporciona um grande salto para a unificação nas empresas de moda. Agora, as organizações podem tirar partido dos dados do consumidor, da gestão de coleções mais rápida e flexível, da análise, das tomadas de decisão ágeis, da colaboração e da partilha em tempo real. E colocar os produtos no mercado com mais rapidez, sem perder de vista os resultados», resume a Lectra na brochura de apresentação do Kubix Link.