Início Notícias Marcas

Lenna reduz pegada ecológica

Foi lançada por três amigos no ano passado e já contribuiu para retirar quase três toneladas de plástico das praias. A Lenna quer reduzir a pegada ecológica da indústria da moda e dar a conhecer a qualidade do calçado português pelo mundo através das suas alpergatas.

[©Lenna]

A Lenna nasceu no verão de 2021 com o objetivo, explicam os responsáveis, «de criar um projeto que juntasse uma estética de calçado única a um propósito maior: minimizar a pegada ecológica da indústria da moda e dar a conhecer a qualidade do calçado português pelo mundo». Nuno Cordeiro, João Glória e Mário Garcia Ribeiro têm entre 33 e 34 anos, são amigos de infância e sempre quiseram lançar um negócio em conjunto.

Trata-se de uma marca vegana e sustentável que, durante um ano, acumulou mais de 5.500 seguidores na sua conta de Instagram. Produzidos à mão, em Portugal, os sapatos, à primeira vista, «têm a estética descontraída das alpercatas, mas são sapatos que podem ser usados em praticamente todas as ocasiões», destacam.

Com dois modelos unissexo, com sola alta ou baixa, e tamanhos que variam do 36 ao 46, os sapatos Lenna tem disponíveis 12 cores e são produzidos com algodão orgânico e juta. As etiquetas são fabricadas a partir de desperdícios de tecido e os restos de sola são triturados e reutilizados.

[©Lenna]
Graças a parcerias com cinco associações solidárias – Oceanos Sem Plástico, Zero Waste Lab, ANEFA, SOS Animal e Quercus –, a Lenna, desde o seu lançamento, «já contribuiu para retirar quase três toneladas de plástico das praias, mais de 80 mil beatas das ruas de Portugal, plantar 69 árvores, ajudar a alimentar 74 animais de estimação e a criar 30 maternidades para peixes em vias de extinção», revela a marca em comunicado.

À venda exclusivamente através de loja própria online, os próximos objetivos dos fundadores passam pela expansão internacional e o lançamento de uma coleção de criança «para que toda a família tenha a oportunidade de calçar uns Lenna», acrescenta o documento.