Início Notícias Têxtil

Lineapiù Italia faz-se à estrada

Com o cancelamento da feira de fios Pitti Filati, a fiação italiana decidiu fazer um roadshow para mostrar as suas propostas para o outono-inverno 2021/2022 e manter-se próxima dos mercados e clientes. Depois de Milão, a Lineapiù Italia pretende percorrer outras capitais da moda, incluindo Paris e Nova Iorque.

[©Lineapiù Italia]

Sem a Pitti Filati como palco para apresentar a coleção aos seus clientes, a produtora de fios italiana, fundada em 1975, decidiu partir para a estrada com um showcase próprio para mostrar a nova coleção aos seus clientes. Milão foi o ponto de partida, a que se seguem várias regiões italianas e, em breve, cidades como Paris, Istambul e Nova Iorque.

«É uma altura muito particular para todos», afirma Alessandro Bastagli, que assumiu a direção da empresa em 2010.

Alessandro Bastagli [©Lineapiù Italia]
«É importante estar perto dos mercados, para sermos ainda mais rápidos e reativos a fornecer qualidade, serviços e ideias que apoiam os esforços que o sistema de moda está a fazer. Este roadshow é a nossa forma de compensar o tempo perdido e responder às necessidades das casas de moda, alimentando conceitos estéticos e dando respostas técnicas reais», explica o presidente do conselho de administração.

A Lineapiù Italia, que foi fundada na região de Florença em 1975, estabeleceu um programa de reuniões com designers, técnicos e compradores, que vai manter-se durante todo o mês de agosto.

Fios no espírito do tempo

As novas coleções – que, a cada estação, se dividem entre Lineapiù, para fios clássicos e de fantasia, Filclass, para aspetos mais jovens, e Lineapiù Knit Art, para tricotagem manual – são, segundo a empresa, «uma verdadeira interpretação do espírito do tempo».

[©Lineapiù Italia]
A moderação e função levaram à escolha de fibras naturais vegetais, como o algodão, em conjunto com fibras animais, como lã, iaque e mohair, para criar fios básicos e contemporâneos. A cor é um elemento essencial da coleção, nomeadamente os tons suaves e sólidos, «em novas texturas para malhas universais para todas as estações». A paleta completa-se com branco e tonalidades neutras geladas, que «enviam uma mensagem de força, segurança e respeito, criando um tempo e espaço para encher com ideias, pensamentos e histórias».

Misturas de iaque com algodão penteado produzem um peso intermédio para novas malhas polares, a que se juntam fios feltrados de lã penteada. A coleção contempla ainda um fio fino e penteado de alpaca bebé com matizes, assim como fios em mohair cujo aspeto se assemelha a avestruz, que são «um hino sustentável, luxuoso e altamente criativo à natureza».

Já as propostas na coleção Filclass incluem algodão e poliéster reciclado em misturas com fibras animais e motivos camuflados e fios com lã e lurex. «O preto e o azul meia-noite, juntamente com tons de rosa e roxo, são emblemáticos de um desejo de nos afastarmos para um mundo de fantasia suspenso entre o passado e presente, o real e o imaginário, a opulência e a ironia», resume a Lineapiù Italia.