Início Arquivo

Littlewoods à venda

O retalhista britânico Littlewoods Organisation PLC de Liverpool, planeia vender a sua cadeia de vestuário com 120 ‘outlets’ devido aos fracos resultados obtidos. As conversações continuam entre a empresa e a The Peacock Group Plc, mas alguns analistas afirmam que a Marks & Spencer assim como a Next, Tesco plc e a Bhs podem também estar interessados em adquirir as lojas que estão localizadas no centro das cidades. Quando apresentaram os resultados do ano fiscal 2001/2002 terminado a 30 de Abril, o presidente da Littlewoods, David Simons, afirmou que durante os últimos meses houve vários interessados em comprar a cadeia de retalho. O valor estimado da venda da cadeia deverá ser de 387 milhões de euros. Esta acção seria mais um obstáculo na turbulenta história da empresa, fundada em 1923 por John Moores e possuída pela família Moores até hoje. O maior retalhista privado no Reino Unido desfez-se da Littlewoods Leisure e da sua divisão de futebol há dois anos atrás. No ano fiscal 2001/2002, o volume de negócios da Littlewoods subiu 3% para 2,9 mil milhões de euros e os lucros antes de impostos foram de 53,3 milhões de euros. No ano anterior, as perdas da empresa chegaram ainda aos 22,4 milhões de euros. A divisão de encomendas por correio conseguiu a maior parte do volume de negócios de 1,9 mil milhões de euros, enquanto que o restante segmento comercial totalizou 1,88 milhões de euros. O negócio de e-commerce da Littlewoods, que faz parte da divisão Home Shopping, atingiu um volume de negócios de 58,7 milhões de euros, alcançando o lucro. A Littlewoods está agora entre o top-três dos retalhistas do Reino Unido que não negoceiam no ramo alimentar. A empresa tenciona ainda produzir catálogos novos e mais pequenos na Home Shopping, que serão dirigidos a certos público-alvo assim como a determinados segmentos de produtos. Em Maio de 2002, a Littlewoods publicou já “The Collection”, o novo catálogo de encomendas por correio e que visa chegar às mulheres mais maduras. Outros novos catálogos se seguirão no próximo ano.