Início Destaques

LMA pensa fora da caixa

Com o core business centrado no desporto, a LMA tem investido cada vez mais na moda – a tendência atual do athleisure parece ter sido criada à imagem da empresa produtora de malhas e tecidos de Rebordões –, mas sem nunca esquecer a inovação intrínseca ao seu ADN.

 

Capaz de produzir artigos que abrangem desde o desporto de alta competição – como já aconteceu com a malha técnica usada na camisola que Usain Bolt envergou quando bateu o recorde olímpico dos 100 metros nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012 – ao artigo mais moda a que as grandes retalhistas e marcas internacionais não conseguem resistir, a LMA tem construído um portefólio com vários e variados produtos, onde a inovação é figura de proa.

«Temos vários produtos que consideramos uma mais-valia para a área do urban wear», afirmou Manuel Barros, diretor-executivo da empresa, no artigo publicado na edição de março do Jornal Têxtil. «Hoje o que as pessoas querem é um artigo que se vista e seja de fácil manutenção», referiu.

É o caso de um produto desenvolvido pela empresa com fios especiais com características de permeabilidade ao ar, gestão de humidade e um maior conforto que não necessita de ser passado a ferro. «Este tipo de conceito é aplicado graças a vários anos de know-how que temos nesta área e daquilo que é o urban fashion wear», justificou Manuel Barros, adiantando que este tipo de artigo tem «tido algum sucesso junto das marcas».

Inovação é sempre o argumento diferenciador da empresa para conquistar, ou reconquistar, como aconteceu com a Adidas em 2014, os clientes. No início do ano, a LMA apresentou uma nova malha com uma membrana corta-vento, impermeável aos líquidos mas permeável ao ar, combinada com cortiça, para a área da “tecno-moda”. «É uma reinvenção de uma matéria-prima em que somos fortes em Portugal: a cortiça», revelou Manuel Barros. «Trata-se de um produto com uma boa coluna de água, com propriedades antibacterianas, de respirabilidade e regulação de temperatura», apontou.

Este desenvolvimento mereceu a distinção de “Best Product” no Ispo Textrends Forum na Ispo Munich, que se realizou em janeiro, e foi selecionado para o prémio InovaTêxtil 2016, no âmbito da participação no Fórum de Tecidos Técnicos e Inovadores no ITechStyle Innovation Business Forum, organizado pelo Citeve na última edição do Modtissimo, em fevereiro. «Há muitos clientes interessados – as pessoas consideram ser um artigo “out-of-the-box”», resumiu o diretor-executivo da LMA.