Início Arquivo

Loja Portugal Fashion inaugurada em Braga

No passado dia 24 foi inaugurada em Braga, a terceira loja do master franchising Portugal Fashion. Situada no centro histórico da cidade minhota e com uma área total de 300 metros quadrados, a nova loja é um importante veículo de promoção e venda do que de melhor os criadores e marcas nacionais têm para oferecer.

O investimento inicial foi de cerca de 15 mil contos, esperando o franchisado gerar, até ao final do ano, um volume de negócios superior a 30 mil contos.

Para João Oliveira, promotor do negócio, «Braga tem todas as condições para ter uma loja Portugal Fashion. Tem potencial de mercado, uma vez que é o terceiro maior centro comercial do país, logo a seguir a Lisboa e ao Porto».

Para além disso, a nova loja vai comercializar alguns dos mais reputados designers e marcas nacionais, como José António Tenente, Miguel Vieira, Augustus, Luís Buchinho, Dôres Ozório, Miguel Flor, Anabela Baldaque, entre outros.

As lojas Portugal Fashion são espaços onde apenas se comercializa vestuário, calçado e acessórios de moda de criadores e marcas que tenham participado em alguma das cinco edições do certame com o mesmo nome. Estes estabelecimentos comerciais funcionam em regime de master franchising (o franchisador é a ANJE) e são decorados com elementos iconográficos alusivos ao Portugal Fashion, tais como fotografias, catálogos ou réplicas de roupa utilizada nos respectivos desfiles.

Existem actualmente mais duas lojas Portugal Fashion, uma em Guimarães, inaugurada em 1998 e outra na Póvoa do Varzim, aberta desde 1999. Estas lojas procuram mitigar uma falha no circuito nacional da moda, a dificuldade das colecções exibidas nas passerelles chegarem ao grande público. A generalidade dos criadores e das marcas não criou ainda canais de distribuição e comercialização eficazes, existindo, portanto, uma lacuna que as lojas Portugal Fashion procuram colmatar.

Enquanto o certame tem por objectivo a promoção nacional e internacional da moda através da articulação entre a indústria têxtil e os estilistas e da mediatização dos desfiles, as lojas franchisadas visam, por seu turno, facilitar e democratizar o acesso às colecções dos grandes criadores. Está, de resto, concluído o estudo do master franchising Portugal Fashion, havendo a intenção de expandir, numa primeira fase, a rede nacional de lojas e, depois, encontrar um franchisado no estrangeiro.