Início Arquivo

Lucros da Hennes & Mauritz em alta

O maior retalhista de vestuário mundial, Hennes & Mauritz, reportou esta Quarta-feira uma subida de 43% nos lucros antes de impostos mas, adiantou que a sua expansão na América este ano, será mais lenta do que o esperado. Ao anunciar um lucro de 621 milhões de euros para o ano que terminou a 30 de Novembro de 2001, o gigante retalhista também revelou ao seus planos para abrir 90 novas lojas no Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha, Espanha e França durante o ano de 2002 e deverá no decorrer do mesmo ano fechar 10 outlets existentes. A empresa adiantou também que os lucros foram diminuidos devido a um investimento de 67.2 milhões de euros para a sua expansão nos Estados Unidos e Espanha, à medida que a empresa constrói uma cadeia retalhista a nível mundial de 770 lojas em cerca de 14 países, que reúnem vendas na ordem dos 5 mil milhões de euros – subiu de 3.3 mil milhões de euros. A H&M, o maior retalhista de roupa a nível mundial, em termos de capitalização de mercado, adiantou numa declaração que estava contente com os seus resultados e que as margens aumentaram de 50.6% no ano anterior para 51.6% no ano fiscal de 2001. Para a empresa sueca, as vendas foram bem sucedidas principalmente devido “à maior concentração dos clientes, às boas colecções e ao bom controlo da variedade de produtos”.