Início Arquivo

Maior grupo têxtil mundial vende Galler Portuguesa

A empresa têxtil Galler Portuguesa foi vendida pela americana Sara Lee ao grupo holandês Fenway, juntamente com a Galler Penn Sedespa de Barcelona, Desseilles Textiles de Calais e Broaderies Deschamps de Lyon, dando continuidade à estratégia de reorganização da gigante norte-americana. A Galler Portuguesa é sediada na Maia e emprega mais de 40 pessoas, sendo a sua especialidade a fabricação de aplicações de renda, na sua maioria destinadas à indústria de roupa interior. O mercado português absorve cerca de 70% da produção, sendo os restantes 30% destinados à exportação para Inglaterra, França, Itália, América, Canadá e Espanha. A Galler facturou em 1999 cerca de 750 mil contos, com prejuízos a rondar os 40 mil contos. No exercício de 1998 os prejuízos eram superiores a 52 mil contos, sendo que nesta altura a empresa facturava mais de 1 milhão de contos. Após a aquisição da britânica Courtaulds Textiles, à qual pertenciam as quatro empresas, a Sara Lee, proprietária de marcas como a Dim e Wonderbra, concretiza assim parte da estratégia de centrar as suas actividades apenas em produtos líderes de mercado.