Início Arquivo

Mais comércio entre o Norte e a Galiza

As trocas comerciais entre a Região Norte de Portugal e a Galiza intensificaram-se entre 2000 e 2002, de acordo com o Instituto Nacional de Estatística, indicando uma melhoria acentuada da taxa de cobertura das chegadas pelas expedições, e uma acentuada diminuição do défice comercial.

O organismo público de estatísticas explica que no contexto do comércio ibérico, «os fluxos de produtos comercializados entre estas duas regiões apresentam-se relativamente especializados em têxteis e confecções e em produtos da agricultura, pecuária e pesca».

Neste quadro, a taxa de cobertura em 2001/2002 melhorou em cerca de 12 pp, para os 92,2%, indica o INE. Por outro lado, o balanço das trocas registadas entre os dois lados da linha de fronteira mostra que as expedições portuguesas cresceram 19,3% entre 2001 e 2002 (+6,6% em 2000-2001), enquanto as compras do Norte de Portugal à região da Galiza abrandaram do crescimento de 10,6% (2000-2001) para crescerem apenas 3% em 2001-2002. Face a esta evolução, o défice do lado português caiu de 135,5 milhões de euros em 2001, para os 53,5 milhões em 2002.