Início Notícias Marcas

Mango acelera expansão

O ano passado sorriu à retalhista espanhola, que registou um aumento superior a 9% do volume de negócios, ultrapassando os 2 mil milhões de euros. Os mercados internacionais e as vendas online tiveram um peso significativo neste crescimento, sendo duas das principais áreas de investimento para 2015.

As vendas do grupo consolidado Mango MNG Holding em 2014 atingiram 2.017 milhões de euros, representando um crescimento de 9,3% face ao ano anterior, de acordo com um comunicado da retalhista espanhola. O Ebitda (os lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) atingiu 223 milhões de euros, resultando num lucro líquido de 107 milhões de euros – uma queda de 11% em comparação com os 120,5 milhões de euros em 2013.

O negócio da Mango está especialmente concentrado no mercado externo, que representou 82% da faturação da retalhista, que atualmente conta com mais de 15.700 funcionários em todo o mundo. No ano passado, criou 2.331 postos de trabalho, 72% dos quais fora de Espanha.

Entre os destaques da atividade em 2014, a Mango, que dispõe de mais de 2.700 pontos de venda em 109 países, destaca a continuação do projeto de abertura de megastores iniciado em 2013, com a inauguração de 43 destas lojas. «Em 2015 estão previstas mais 75 aberturas deste novo formato de loja, com destaque para a de Milão, localizada no Corso Vittorio Emanuele, com 3.056 m2, a da Calle Canuda de Barcelona, com 2.810 m2 e a de Henry Street, em Dublin, com 1.390 m2», refere o comunicado.

O negócio na Internet, que representa já 9,1% do volume de negócios total da retalhista (em 2013 representava apenas 6,7%), prosseguiu igualmente a sua expansão em 2014, com a Mango a disponibilizar agora vendas online em 76 países. Nesta aposta numa estratégia multicanal, a expansão durante este ano «irá centrar-se na América do Sul, na Ásia e em África, com o intuito de completar a oferta de produto através do e-commerce em países onde a marca já está estabelecida através de lojas físicas», revela.

Relativamente às diferentes linhas que a retalhista de moda oferece, a Mango Man, que tem o ex-futebolista Zinédine Zidane como imagem internacional, ganhou mais 90 pontos de venda em 2014, contando agora com 240 lojas em mais de 40 países. A linha infantil Mango Kids, por seu lado, tem atualmente 150 pontos de venda, enquanto a mais recente aposta da retalhista, a Violeta by Mango – dedicada a «mulheres com curvas», como a definiu, na altura do seu lançamento, Violeta Andic Maytek, responsável da linha e sobrinha de Isak Andic, fundador da empresa –, encerrou o primeiro ano de atividade com 90 lojas em 15 mercados.

No total, o grupo prevê investir 300 milhões de euros este ano, um valor que inclui a abertura de novas lojas, remodelações, sistemas de informação e logística. Aliás, a primeira fase das obras do novo Parque Logístico Mango, que contempla a edificação de 160 mil metros quadrados dos 330 mil metros quadrados do total do projeto, em Lliçà d’Amunt, deverá ficar concluída em janeiro de 2016. O grupo está ainda a ampliar em mais 24 mil metros quadrados o atual Centro de Design, na sua sede.