Início Arquivo

Mão-de-obra barata ainda é uma realidade nacional

Portugal é o segundo país da União Europeia, a seguir à Grécia, com os menores custos sobre o emprego, somatório de valor dos salários e dos benefícios sociais. De acordo com a última pesquisa da Mercer HR Consulting, o total dos custos para um empregado do sexo masculino a tempo inteiro em Portugal é de 14.075 euros anuais, quando a média na UE ronda os 34.143 euros.