Início Arquivo

Marks & Spencer soma e segue

O gigante britânico Marks & Spencer mostrou na passada quarta-feira que está a recuperar muito bem, tendo conseguido as melhores vendas de Natal em anos – ajudadas pela forte procura das roupas deste nível. As vendas de roupa subiram 10.9% durante as sete semanas que terminaram a 12 de Janeiro, enquanto que as vendas no período homologo subiram 8.3 %. No período de 15 semanas que terminou a 12 de Dezembro as vendas de vestuário aumentaram 8%. Estes aumentos estão a ser atribuídos à nova linha Per Una, criada por George Davies e à nova linha Perfect, que se concentra em roupa clássica para mulheres. O sucesso da colecção Per Una vem do facto de só estar disponível em 90 lojas M&S, apesar do grupo planear colocar esta linha nas montras de mais 30 lojas nas próximas semanas. Por esta altura no ano passado, o futuro do grupo parecia sombrio à medida que o retalhista apresentava uma queda de 2.3% nas vendas de Natal e uma baixa de 5% nos ganhos do terceiro trimestre com o vestuário e o calçado a perderem quase 10%. O presidente da M&S, Luc Vandevelde satisfeito afirmou que “num mercado vivo de vestuário, nós estamos contentes por ver os nossos clientes responderem bem a um melhor apelo, qualidade e disponibilidade das nossas roupas bem como do ambiente das lojas”. Contudo, ele avisou que a actual taxa de crescimento provavelmente não vai continuar, “nós não acreditamos numa continuação das recentes condições do mercado para a mercadoria em geral”, acrescentou. Entretanto, a Marks & Spencer também confirmou que irá na próxima semana anunciar os detalhes do seu plano para devolver os 3.2 mil milhões de euros aos accionistas em Março e acrescentou que espera completar as vendas da cadeia americana de supermercados Kings, num futuro próximo.