Início Arquivo

Marrocos promove ITV

Nesta 12.ª edição da feira de moda Maroc in Mode, que tem lugar na próxima semana em Casablanca, estarão cerca de 300 empresas da indústria têxtil e vestuário de Marrocos, assim como fornecedores de tecidos, acessórios e serviços da zona Euromed, na 11.ª Maroc Sourcing, que se realiza em paralelo. Com uma periodicidade anual, a feira aposta na transversalidade das estações, oferecendo produtos e serviços para o inverno 2014/2015, atualizações para o verão de 2015 e a antecipação das tendências para a estação fria de 2015/2016. A organização, a cargo da Associação Marroquina das Indústrias Têxteis e de Vestuário (Amith) em cooperação com a Maroc Export, a agência nacional de promoção das exportações, antevê a presença de visitantes profissionais da Alemanha, França, Reino Unido, Itália, Espanha, Portugal e Turquia, incluindo representantes de “pesos pesados” da moda, como Lacoste, Etam, Adolfo Dominguez, El Corte Inglés, Miroglio, Max Mara e Kaufhof, entre muitos outros. «É importante para nós ao mesmo tempo ganhar exposição lá fora e organizar uma feira. O sector prospera com contactos pessoais que gostamos de alimentar», explica Mohamed Tazi, diretor-geral da Amith. Para os dois dias da feira está ainda preparado um programa de eventos paralelos para os visitantes, com conferências, reuniões B2B e um fórum de tendências. Uma agenda preenchida onde se destacam apresentações do mercado de vestuário ibérico – Portugal e Espanha –, inglês, italiano e francês, assim como as conferências “Estratégia de marketing e proteção das marcas” e “As perspetivas de consumo nos mercados europeus e o posicionamento de Marrocos”, esta última com a intervenção de Gildas Minvielle, diretor de Observatório Económico do Institut Français de la Mode. A Maroc in Mode tem também como missão a promoção da imagem do país como um importante centro de aprovisionamento de marcas e retalhistas internacionais. Nesta edição, estará em destaque o know-how na produção de denim, com o Pavilhão Denim, onde estará representado o recentemente criado Moroccan Denim Cluster, uma iniciativa direcionada para a otimização da imagem e da reputação da indústria de produção de denim e vestuário casual com o objetivo de criar incentivos para desenvolvimentos conjuntos inovadores. O cluster cobre todos os segmentos de fornecedores têxteis a montante – tecelagem, acabamento e lavagem – até à confeção da peça. Outros objetivos incluem o desenvolvimento de estratégias de comunicação e marketing a nível nacional e internacional, a realização de estudos de mercado e diretrizes de orientação, assim como a organização de eventos e reuniões de negócios no mercado interno e externo. A sustentabilidade e a observação e certificação de padrões de qualidade internacionais são outro dos temas centrais que a Maroc in Mode quer promover nesta edição, dando destaque às empresas marroquinas que confecionam artigos em algodão orgânico ou matérias-primas recicladas, têm processos de lavagem com ozono, que reduz o consumo de água, cumprem os padrões internacionais e estão certificadas por entidades reconhecidas como ISSO, Oeko-Tex, TÜV, GOTS e BSCI.