Início Arquivo

Matérias-Primas em análise

Algodão

Os preços do algodão estão a ser suportados pelo recente fenómeno de especulação. Efectivamente, a especulação no mercado de futuros norte-americano está a pressionar os preços no sentido da alta, no entanto, ainda não é claro que esta tendência se mantenha nas próximas semanas.

A procura nos mercados físicos demonstra sinais de fraqueza, uma vez que os preços continuam a subir em linha com o aumento dos futuros em New York. Todavia, a eliminação das quotas têxteis do início deste ano no seio da OMC pode impulsionar a produção têxtil devido à queda dos preços do vestuário favorecendo, desta forma, a procura do algodão que poderá também ser beneficiada pelos elevados preços do poliéster.

Os preços da lã têm evidenciado sinais de oscilação nas últimas semanas em consonância com a evolução dos mercados cambiais. Assim, se o dólar australiano verifica sinais de queda face ao dólar americano e ao euro, os preços apresentam uma variação inversa, por outro lado, a recuperação do dólar australiano impulsiona a queda dos preços no mercado da lã.

Adicionalmente, a procura, impulsionada pelos compradores chineses, seguiu também a variação do nível das moedas. Contudo, a procura por fios finos manteve-se forte e imune às variações cambiais com os preços a seguirem a tendência sazonal e sendo pressionados por uma oferta insuficiente.