Início Notícias Vestuário

Medica online para chegar a todo o mundo

Face à decisão, assumida em meados de setembro, de cancelar a edição física, a feira dedicada à medicina está a avançar com uma versão digital. Portugal vai manter a presença, mesmo que apenas online, de diversos expositores, que participam com o apoio de diferentes associações.

Medica 2019 [©Messe Düsseldorf/Constanz Tillmann]

A feira mantém as datas de 16 a 19 de novembro e as plataformas desenvolvidas tanto para a Medica como para o certame paralelo Compamed, dedicado à tecnologia para a área da medicina, terão três áreas em destaque: a área de conferências, o espaço de exposição, para os expositores e inovações de produto, e a chamada Networking Plaza.

Uma primeira experiência mais aprofundada que será replicada, parcialmente, em 2021, com a organização, a cargo da Messe Düsseldorf, a anunciar já que no próximo ano os eventos serão híbridos, combinando a presença física com a virtual.

«O nosso plano de higiene foi bem recebido pelos expositores e o sucessivo alívio das medidas de restrição de viagens no início do verão fizeram com que tivéssemos esperanças realistas de que ambas as feiras se pudessem realizar de forma bem-sucedida e segura. O desenvolvimento da pandemia mundial tem, contudo, de ser reavaliado. Num cenário com uma multitude de limitações às viagens e considerando a demografia muito internacional da Medica e da Compamed em termos de expositores e visitantes, temos de nos centrar apenas no formato virtual este ano», justifica Wolfram Diener, presidente do conselho de administração e CEO da Messe Düsseldorf.

Portugal adere

Na versão física, diversas empresas lusas tinham já assumido a intenção de participar na Medica, incluindo novos expositores, face ao desenvolvimento acelerado de produtos para a área da saúde que decorreu nos últimos meses. «Tínhamos vários grupos de expositores apoiados por diferentes associações», confirma Hans Walter, representante da Messe Düsseldorf em Portugal, ao Portugal Têxtil.

Hans Walter

Essa presença, embora reduzida, irá manter-se. «Todas as associações vão apoiar a edição virtual», acrescenta.

Da área têxtil «vão ser menos», assume, mantendo-se, até ao início de outubro, «cinco ou seis expositores», indica Hans Walter, que explica que as atuais plataformas online vão ser alargadas para incluir novas funcionalidades e que a Medica continuará a pôr em contacto os expositores com os potenciais compradores.

Uma perspetiva destacada igualmente por Wolfram Diener. «A essência da marca Medica e Compamed é uma audiência global em termos de expositores e visitantes. Este foco central também está presente este ano, apenas não na forma de um evento que exige presença física, devido à pandemia. Com a rotação anual da Medica e da Compamed, estamos agora a manter-nos em contacto com os nossos clientes com a criação de um marketplace virtual, abrangente e acessível mundialmente, para a comunidade com um programa de elevado perfil. Este é um bom ponto de partida para o lançamento conjunto da feira em 2021, onde iremos oferecer novamente a combinação bem-sucedida de plataformas ao vivo para os profissionais no Centro de Exposições de Düsseldorf e a oferta digital», adianta.

Nas últimas edições, a Medica e a Compamed acolheram cerca de 121 mil visitantes profissionais, 70% dos quais internacionais. Também ao nível dos expositores, dos cerca de 6.300 que têm marcado presença nas feiras, 80% são de fora da Alemanha, de cerca de 70 países.

Atualmente, a feira está ainda a aceitar candidaturas para expositores. «De forma regular, as candidaturas estão abertas até 31 de outubro», revela o representante da Messe Düsseldorf em Portugal.

Virtualmente mundial

A Medica e a Compamed deverão manter uma audiência global, que abrange não só os contactos entre expositores e compradores, mas também as conferências.

«Nos últimos anos, temos constantemente expandido a nossa oferta digital e, como tal, estabelecemos plataformas online para a indústria na forma dos websites da Medica e da Compamed. Podemos agora implementá-los para oferecer, aos nossos clientes, as ferramentas adequadas para o networking e facilitar a transferência valiosa de conhecimento, mesmo nestes tempos difíceis», sublinha Horst Giesen, diretor global de portefólio para tecnologias da saúde e medicina da Messe Düsseldorf.

Medica 2019 [©Messe Düsseldorf/Constanz Tillmann]
«Nas datas da Medica 2020 e da Compamed 2020, vamos procurar os nossos melhores elementos para transmitir as 600 sessões planeadas nos fóruns de especialistas e conferências, trabalhando em conjunto com as entidades associadas e parceiros. Em particular, os participantes podem esperar ver destaques com elevada relevância para o Corona nestes formatos virtuais. Além disso, vai haver várias apresentações online de expositores sobre as suas inovações e uma área online de encontros para fazer contactos de negócio valiosos, incluindo uma função de reunião por vídeo», garante Horst Giesen.