Início Destaques

Mewa aposta em transporte ecológico

A especialista em gestão têxtil é a primeira empresa alemã a usar diariamente um camião a hidrogénio na sua atividade, numa experiência que está a decorrer na Suíça. Uma aposta que permite eliminar as emissões de dióxido de carbono e que enquadra na estratégia “verde” da Mewa.

[©Mewa]

A Mewa é uma das 20 empresas europeias selecionadas para o programa de hidrogénio que está a decorrer na Suíça, estando atualmente a usar um dos primeiros camiões que funcionam com este combustível, que é considerado uma das fontes de energia mais limpas. O camião de hidrogénio Xcient Fuel Cell, produzido pela Hyndai, está a ser usado desde final de abril.

«O conceito de utilização de hidrogénio para camiões é uma estreia mundial para nós. A Mewa é a única empresa alemã a participar neste projeto até à data», revela Kay Simon, diretor de conceitos de mobilidade e de estratégia de distribuição da Mewa. «Temos muito orgulho em sermos pioneiros no hidrogénio», afirma.

Segundo a empresa, a utilização de hidrogénio “verde”, ou seja, neutro em CO2, «torna este projeto único». O combustível é gerado a partir de eletricidade neutra em dióxido de carbono proveniente de centrais hidroelétricas. As emissões do camião consistem exclusivamente em vapor de água, elevando a sustentabilidade do transporte, que se enquadra com as novas estratégias de distribuição da Mewa.

[©Mewa]
«A entrega regular dos panos de limpeza aos nossos clientes e a recolha dos panos usados para lavagem provoca emissões de CO2», explica Kay Simon. «Gostaríamos de reduzir de forma sustentável esta emissão de CO2 pela nossa frota. Para o conseguir, a Mewa não está a contar com tecnologias de transição reduzidas em CO2, mas sim com tecnologias futuras sem CO2, como é o caso do hidrogénio», salienta.

A Hyundai é a primeira construtora automóvel a lançar um veículo comercial pesado em série com acionamento a hidrogénio. A capacidade de armazenamento dos sete tanques de hidrogénio permite um alcance superior a 400 quilómetros. «É uma poupança de aproximadamente 65 toneladas de CO2 por camião e por ano. Este camião é um elemento-chave importante para o transporte com emissões zero», considera Mark Freymüller, CEO da Hyundai Hydrogen Mobility.

Para a Mewa, este camião “verde” combina perfeitamente com o próprio core business da empresa, que desde que nasceu, há 113 anos, está voltado para a reutilização, e é também um passo importante rumo ao objetivo de ter uma frota ecológica.