Início Arquivo

México quer combater contrabando

O sector dos têxteis e do vestuário no México, tem reivindicado o impacto que as importações ilegais de têxteis e de vestuário estão a exercer no mercado interno. De acordo com uma estimativa, cerca de 50% de todas as vendas de têxteis e de vestuário no México são realizadas com importações ilegais. Estima-se que o maior volume destas importações tenha proveniência da China. No passado fim-de-semana, o Presidente do México, Vincente Fox, recebeu o Primeiro-Ministro chinês, Wen Jiabao. Um dos assuntos abordados foi o do contrabando. Os dois governos acordaram unir esforços para estudar o contrabando dos têxteis e do vestuário e sugerir formas de o controlar.