Início Notícias Calçado

Micam a postos para o baile

Qualidade, sustentabilidade e talento são os conceitos primordiais que a feira de calçado de Milão quer incutir na sua próxima edição, onde irá apresentar também o terceiro capítulo da história do sapatinho de cristal. Nesta Micam em forma de baile, agendada para 18 a 20 de setembro, estarão 40 empresas portuguesas.

[©Micam]

No total, a organização antecipa a presença de 1.012 marcas na Micam, das quais 54% italianas e 46% estrangeiras – entre as quais as apresentadas pelas quatro dezenas de empresas lusas que irão expor –, numa altura em que o calçado “made in Italy” dá sinais de recuperação, com um crescimento de 14,5% das vendas, que está a ser acompanhado por um aumento de 18,7%, em valor, do consumo no país transalpino.

[©Micam]
«A indústria como um todo recuperou significativamente, mas os custos mais elevados da energia e das matérias-primas e as consequências do conflito entre a Rússia e a Ucrânia (com o valor das exportações para os dois mercados a baixar 30%, com uma queda total de 46% desde o início da guerra) estão a colocar o crescimento a curto prazo em risco. As empresas associadas [da Assocalzaturifici, a associação que organiza a feira] estão satisfeitas com as vendas para os mercados da América do Norte e para os principais mercados da UE, embora os confinamentos na primavera tenham abrandado as vendas na China. Embora as marcas de designer estejam a ter uma performance muito boa, metade das nossas associadas ainda não regressaram aos números de vendas pré-Covid. Esperamos que a Micam, como habitualmente, seja uma ocasião para aproveitar as oportunidades de negócio e descobrir novas tendências e possibilidades nos mercados mundiais», sustenta Giovana Ceolini, presidente da Assocalzaturifici.

Entre o artesanal e a inovação

Esta edição da Micam, que tem como tema o baile da história da Cinderela, será dedicada à primavera-verão 2023, incluindo uma apresentação de tendências realizada em parceria com o gabinete WGSN.

Full Spectrum, um tema voltado para um lado mais divertido e anticonformista, Design Wise, mais centrado na sustentabilidade e no futuro do planeta, e Soul Space, um regresso à natureza, são os conceitos que poderão ser explorados durante o certame, na MicamX, uma área dedicada a seminários e reuniões que regressa com um foco na inovação, tanto ao nível dos materiais como do retalho.

[©Micam]
Já a sustentabilidade estará em destaque no Micam Sustainability Lab, um espaço patrocinado pela VCS, que se apresenta como a primeira certificação dedicada à indústria do calçado, enquanto no Micam Startup será possível conhecer novos produtores italianos de calçado com conceitos revolucionários, nomeadamente a Biocell, ID Factory, Ohoskin, Riceskin, Smart Fab, Twinone e Ympact.

Mas numa indústria com tanta tradição como o calçado, o know-how artesanal não pode ser esquecido e, por isso, a feira tem uma plataforma, em parceria com a Italian Artisan, para ligar produtores italianos de qualidade com marcas e retalhistas internacionais, agrupados sob a designação “Heróis Artesãos Italianos – a melhor tradição de manufatura”. «Este ano, estamos a arriscar com um stand inovador no qual a evolução tecnológica amplifica espaços e oportunidades para os nossos produtores, que continuam a ser o foco da nossa missão corporativa», antecipa David Clementoni, fundador da Italian Artisan.

A revelação de designers emergentes de calçado e a chamada Micam Tales Square, onde os visitantes podem experienciar o baile que inspira esta edição, são outros dos chamarizes desta 94.ª edição da Micam.