Início Notícias Calçado

Micam apoia-se na união

Depois da edição conjunta bem sucedida em setembro, a feira de calçado volta a juntar forças com a Homi, a Mipel, a TheONE Milano e a Lineapelle, reunindo o universo do calçado, acessórios e joalharia num único espaço sob o mote #strongertogether. A Micam regressa de 21 a 23 de março.

Micam - setembro 2020 [©Micam]

O ditado “a união faz a força” faz cada vez mais sentido para a feira italiana de calçado, que na próxima edição mantém a ligação com outros certames, à semelhança do que aconteceu na última edição, em setembro.

«Um importante trabalho de equipa, sinergias e sinais positivos registados na última edição consolidaram os planos para repetir o projeto #strongtogether em março de 2021», explica a Micam em comunicado.

Por isso mesmo, o centro de exposições Fieramilano Rho irá reunir, entre 20 e 24 de março, os diferentes certames, que, contudo, têm durações diferentes. A primeira a abrir portas é a Homi Fashion & Jewels, dedicada à joalharia, bijutaria e acessórios de moda, a 20 de março, devendo prolongar-se até 22 de março.

O dia seguinte, 21 de março, marcará o pontapé de saída da Micam, da Mipel (vocacionada para artigos e acessórios em pele) e da TheONE Milano (um evento dedicado ao vestuário de gama alta para senhora), que nesta edição contam menos um dia, realizando-se até 23 de março.

O projeto conjunto fica concluído com a Lineapelle, direcionada para peles, tecidos, acessórios e componentes para moda e design, que se realiza a 23 e 24 de março.

Repetir o sucesso

Tal como em setembro, garante a organização, «os eventos vão realizar-se em perfeita segurança e cumprimento absoluto com a legislação atual, graças a uma atualização organizacional do centro ferial Fieramilano Rho,, que não só adotou todas as medidas exigidas para assegurar a segurança dos eventos que acolhe mas também refinou as suas diretrizes para a gestão dos fluxos de visitantes».

Micam – setembro 2020 [©Micam]
Na primeira edição conjunta estiveram presentes mais de 16 mil visitantes, 25% dos quais internacionais. De Portugal estiveram 33 expositores apoiados pela APICCAPS – Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos, que receberam a visita de João Neves, Secretário de Estado Adjunto e da Economia, e de Eurico Brilhante Dias, Secretário de Estado da Internacionalização.

O objetivo agora é repetir uma edição bem sucedida, com a organização a anunciar que está já a trabalhar na seleção de compradores com o apoio do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional e a Agência de Comércio Italiana.

Os responsáveis dos cinco certames «concordam unanimemente que as feiras têm um papel crucial a apoiar as empresas e a produção. E a recuperação do consumo que se espera em 2021 vai torná-las ainda mais estratégicas». Por isso mesmo, «os compradores têm de poder encontrar os seus fornecedores, ver os produtos por si próprios e colocar imediatamente as suas encomendas para estarem preparados para quando as pessoas começarem novamente a comprar», sublinha a Micam.