Início Arquivo

Milão acolhe “fashionistas”

A Camera Nazionale della Moda Italiana escolheu o prestigiado Palazzo Giureconsulti como o local ideal para albergar mais uma edição da Semana de Moda Feminina de Milão, que teve início ontem e se prolonga até 1 de Março. Num line up de 74 desfiles para apresentar as propostas para o Outono/Inverno 2011-2012, o destaque vai para as marcas que jogam em casa, como a Prada, Gucci, Dolce&Gabbana e Versace. «Acreditamos que este certame será um sucesso, mas estamos conscientes que temos algumas limitações. A maior delas é o estado actual do mercado, já que, em Itália, as vendas de vestuário não têm corrido bem. Os únicos países que demonstram crescimento neste sector são o Brasil, a Rússia, a China e a Índia», afirmou Mário Boselli, presidente da Camera Nazionale della Moda Italiana (CNMI), acrescentando ainda «que apesar destes factores temos boas expectativas para este evento». Nesta edição do certame, a CNMI decidiu dar destaque não só aos veteranos mas também a novos designers e à sua criatividade. No último dia da Semana de Moda de Milão a passerelle será tomada por jovens designers e marcas já com alguma notoriedade no mercado internacional. Este desfile, baptizado N-U-D-E (New Upcoming Designers), inclui nomes como Chicca Lualdi BeeQueen, Mauro Gasperi, Cristiano Burani, Francesca Liberatore & Sergei Grinko, Sergi Zambon, Carta e Costura e ainda Erkan Coruh. A nova estrutura organizacional da Semana de Moda Feminina de Milão tem vindo a tornar-se extremamente popular entre profissionais do sector. Por isso, a capital italiana da moda deverá acolher mais de 2.000 jornalistas, italianos e estrangeiros, durante os desfiles.