Início Arquivo

Milão dita tendências

Em pleno centro de Milão – pólo económico e cultural –, um conjunto de quatro ruas forma o "quadrilatero della moda": via Manzoni, via della Spiga, corso Venezia e, principalmente, via Montenapoleone ditam as tendências mais actuais da moda mundial. é precisamente nesta cidade, recém-eleita capital mundial da moda, segundo uma pesquisa divulgada pela empresa americana “Global Language Monitor”, que se vai realizar mais uma edição dos desfiles Milano Donna Moda, entre os dias 23 e 30 de Setembro. Serão mais de 100 desfiles e apresentações, entre marcas que começam agora a ganhar notoriedade mundial, novos estilistas e os grandes nomes de sempre, como Armani, Prada, Dolce & Gabbana, Fendi, Versace, Gucci e Roberto Cavalli. Na programação dos desfiles consta, curiosamente, a apresentação da Just Cavalli, que na edição de Inverno cancelou o seu desfile, em detrimento de uma apresentação mais simples, depois da Itierre SpA, a empresa que produz as peças da marca, ter submetido um processo de protecção à bancarrota. A Câmara de Moda Italiana, que comemora este ano o seu 50º aniversário, ressalva, no entanto, em comunicado, que poderá haver alterações na programação. A semana de moda de Milão surge depois da de Nova Iorque (de 11 a 18 de Setembro) e da de Londres (18 a 22 de Setembro) e precede a de Paris, que decorrerá entre 30 de Setembro e 8 de Outubro. Os desfiles italianos serão abertos por Elena Miró, estilista reconhecida por fazer roupas de tamanho grande. No último dia de apresentações haverá ainda lugar para um bloco de desfiles de estilistas paquistaneses, indianos, russos e colombianos.