Início Arquivo

Moda em ebulição – Parte 2

A Índia é o segundo território mais populoso do mundo, com mais de um bilião de habitantes. Com uma forte tradição têxtil, o país começa agora a ser reconhecido internacionalmente em termos de criação de moda (verModa em ebulição – Parte 1). Um dos maiores contributos para o reconhecimento e projecção da moda indiana tem sido a India Fashion Week, que foi criada em 2000 e que conta com duas edições anuais. «Este evento é de extrema importância para a Índia, mas há doze anos atrás não existia. Fomos vendo e aprendendo com o que se passava na Europa. Ano após ano temos vindo a crescer não só em termos de criadores mas também de área de exposição», afirma Sunil Sethi, Presidente do Fashion Design Council of India. Na última edição, que decorreu de 8 a 12 de Outubro, 63 designers mostraram as suas colecções para a Primavera/Verão 2012 sob o olhar atento de mais de duas centenas de jornalistas e de compradores internacionais. Paralelamente, 183 marcas exibiram as suas propostas numa plataforma de negócios. «Esta é já a nossa quarta vez no India Fashion Show. Representamos já algumas destas marcas no nosso país. As nossas favoritas são Kavita Bhartia, Anju Modi e Rina Dhaka», revela Hajar Paroon do Kuwait. Já Yukiokuma é a primeira vez que visita a semana de moda da capital indiana. «Fiquei muito interessado na Namrata Joshipura e na Niki Mahajan. Adequam-se perfeitamente ao estilo das mulheres japonesas», assegura o comprador. Tendências Primavera-Verão 2012 Durante cinco dias de desfiles, várias tendências foram ditadas pelas mãos dos criadores indianos. Se, por um lado, há designers que apostam no tradicional, através de peças de vestuário características da cultura deste país como os saris, outros buscam o futuro e apostam nas estruturas 3D como é o caso da dupla Pankaj & Nidhi. Os criadores exibiram uma colecção com padrões geométricos e, em alguns modelos, com tecnologias incorporadas, nomeadamente LED’s. A sustentabilidade ambiental é ainda uma das preocupações de alguns designers que se voltam para uma moda mais verde, comoa marca do designer Joyjit Talukdar, que aposta em produtos ecológicos e reciclados. «As nossas colecções são produzidas com matérias-primas naturais como o algodão ecológico ou o linho», indica Joyjit Talukdar. O criador usou nesta colecção escamas de peixe secas pintadas que foram pregadas no tecido como se fossem lantejoulas ou vidrinhos.