Início Notícias Moda

Moda precisa de um bilião de dólares para a descarbonização

Para atingir o objetivo de chegar às zero emissões de dióxido de carbono até 2050, a indústria da moda irá necessitar de investir mais de um bilião de dólares, ou cerca de 880 mil milhões de euros, segundo um novo estudo, que aponta a descarbonização como o desafio desta geração.

Infinited Fiber Company [©Infinited Fiber Company]

De acordo com a análise publicada pelo Apparel Impact Institute e a Fashion for Good, apoiada pelo HSBC, é preciso investir mais de um bilião de dólares para a indústria da moda atingir o objetivo delineado para 2050.

O estudo “Unlocking the Trillion-Dollar Fashion Decarbonisation Opportunity: Existing and Innovative Solutions” estima a redução de emissões de soluções existentes e inovadoras e calcula o valor financeiro necessário para que ganhem dimensão e ajudem a indústria a atingir a meta de zero emissões até 2050.

«Reduzir as emissões de carbono será um desafio, senão o desafio, que irá definir a nossa geração e, de facto, a indústria da moda. As boas notícias é que uma série de soluções – tanto disruptivas e prontas a ser implementadas – podem descarbonizar drasticamente a indústria. Este estudo realça que não só há muitas oportunidades e financeiramente atrativas, como são essenciais para nos levar a uma indústria circular sem emissões», afirma Katrin Ley, diretora-geral da Fashion for Good.

O estudo avalia sete soluções para atingir a meta de emissões zero até 2050, incluindo a mudança para energia renovável, matérias-primas e processos sustentáveis, acelerar o desenvolvimento de materiais de próxima geração e eliminar gradualmente a utilização de carvão.

Bons investimentos

Embora um bilião de dólares pareça um valor muito elevado, o comunicado do Apparel Impact Institute sublinha que a maioria dos custos está alocada a projetos que oferecem um retorno atrativo, tanto financeiro como ambiental, que, como tal, pode ser financiado por investidores. Mais de 35 biliões de dólares em capital estão disponíveis em todo o mundo para investimentos ESG, um conceito que abrange fatores económicos, ambientais e sociais, sendo que esse valor deverá ser de 50 biliões de dólares em 2025, de acordo com uma estimativa da Bloomberg Intelligence. Contudo, refere, há barreiras críticas para desbloquear o capital necessário.

[©Unsplash/François Le Nguyen]
«Este estudo reposiciona a descarbonização como uma oportunidade de investimento em vez de um custo. Estas soluções comprovadas e passíveis de investimento exigem uma enorme quantidade de capital e temos agora de criar caminhos para todas as formas de capital financeiro para os escalar», explica Lewis Perkins, presidente do Apparel Impact Institute.

O estudo mostra o valor do investimento necessário por solução, para responder a diferentes riscos e perfis de investidores.

«A indústria da moda está cada vez mais consciente do seu impacto ambiental e a necessidade de rapidamente fazer a transição para zero emissões. Este estudo mostra que, embora haja desafios a ultrapassar, esta transição é possível e vai abrir novas oportunidades para negócios neste sector. Uma ação coletiva é essencial. O sistema financeiro tem de fazer o seu papel ao fornecer capital para financiar soluções de emissões zero à escala industrial», conclui Zoë Knight, diretora-geral do HSBC Centre of Sustainable Finance.