Início Notícias Tecnologia

Modaris Expert poupa tempo e amostras

Uma poupança de quase 50% no número de amostras e de cerca de 30% no tempo de aprovação conseguido por um cliente português são referências de peso para o Modaris Expert da Lectra, revelados num webinar da filial portuguesa. Quick Nest e Diamino são os temas do próximo evento, agendado para quarta-feira, 14 de outubro.

[©Jhm Cad Design]

Marcado para as 10 horas da próxima quarta-feira, o próximo webinar da Lectra é subordinado à temática “Como otimizar e reduzir custos” e vai debruçar-se sobre as caraterísticas e vantagens do Quick Nest e do software de marcadas automáticas Diamino. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas online aqui.

Este webinar faz parte de uma série nova de eventos organizados pela filial portuguesa que começou com o Kubix Link e que, na semana passada, foi dedicado ao Modaris Expert 3D, um módulo do software de modelagem que acaba por ser «uma filosofia de trabalho» e englobar «um conjunto de conceitos» que aumentam a eficiência, como revelou Fernando Ribeiro, especialista em soluções Lectra.

O software tem já provas dadas e, na utilização por um produtor português com uma marca europeia, mostrou ser capaz de reduzir o tempo de aprovação para o desenvolvimento do molde e do protótipo para 22,5 dias em vez dos habituais 32,1 dias, e diminuir o número de amostras físicas de 128 para 65, tendo assim um ganho médio de 49,2%. «Basicamente reduziu para metade o número de protótipos físicos», afirmou Fernando Ribeiro, sublinhando que isso implica uma redução não só de tempo mas também de materiais usados.

As principais vantagens, no geral, apontadas pelos intervenientes foram ainda a eliminação do tempo de espera para a prova ao vivo e, em 89% dos casos, a validação da base logo na primeira prova. «O caminho crítico passou a depender apenas do tecido», salientou.

No caso da equipa de desenvolvimento, o foco foi colocado na segurança da modelagem. Parte dessa segurança provém do facto do Modaris Expert permitir o trabalho com dependências, ou seja, as alterações num molde – por exemplo, na cava da manga – refletem-se em todas as peças interligadas – no caso, a própria manga. «Há uma modificação interativa, com alteração das peças dependentes», explicou o especialista em soluções Lectra.

[©Lectra]
O software permite ainda fazer a construção paramétrica dos moldes, com alterações controladas a partir da tabela de medidas, o mesmo acontecendo com as pregas e machos, que podem ser criados a partir de parâmetros previamente definidos, e reutilizar peças de base, para evitar que o modelista esteja «a fazer sempre os mesmos moldes».

Já o módulo 3D permite «simular o molde num manequim virtual, com um tecido semelhante ao que queremos usar» e ainda mostra «deformações», ou seja, deteta se está demasiado apertado ou se o material está exageradamente esticado. «São situações que normalmente não conseguimos quantificar» quando se faz a prova ao vivo, indicou Fernando Ribeiro, mas que com este software é facilmente mensurável.

Todas estas características, acredita o responsável de soluções Lectra, garantem uma enorme vantagem competitiva. «Ganhámos não só esta encomenda, mas a satisfação do cliente e provavelmente mais encomendas no futuro», reforçou.