Início Notícias Têxtil

Modtissimo aquece motores

O salão português de moda prepara-se para mais uma viagem a partir do Aeroporto Francisco Sá Carneiro. A bordo estão cerca de 200 expositores, 400 coleções para as próximas estações e a expectativa de 6.000 visitantes profissionais, entre os quais pelo menos 300 serão internacionais.

Nos dias 27 e 28 de fevereiro, o Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, volta a acolher os protagonistas da indústria têxtil e de vestuário para mais uma edição do Modtissimo, cumprindo o acordo que prevê a realização da edição de fevereiro do salão de moda português no edifício projetado pelo arquiteto João Carlos Ferreira Leal até 2020.

De acordo com a organização, o salão «apresenta mais de 400 coleções em cerca de 4.500 m2 de exposição», que encherão o piso de partidas. Em setembro passado, Manuel Serrão, CEO da Associação Selectiva Moda, que promove o salão, tinha já adiantado ao Portugal Têxtil que «na próxima edição, no aeroporto, vamos ter mais espaço».

Em comunicado enviado aos jornalistas, a organização revelou que 38% dos expositores presentes no Modtissimo dedicam-se à confeção e vestuário para adultos, enquanto 29% representam produtores de tecidos e malhas portugueses. A oferta fica completa com serviços (12%), produtores e marcas de vestuário de criança (11%), produtores estrangeiros de tecidos (5%) e agentes (5%).

Quanto aos visitantes, são esperados cerca de 6.000 profissionais, estando já confirmada, através de pré-registo, a presença de cerca de 300 compradores internacionais. Segundo os dados da organização, os visitantes estrangeiros são provenientes essencialmente de Espanha, seguidos da Alemanha, Holanda, Rússia e Japão. Na última edição, indicou na altura ao Portugal Têxtil Manuel Serrão, «houve um aumento de 30% de compradores estrangeiros», com os números de setembro de 2018 a comprovarem ainda um aumento do número de visitantes portugueses.

Inovação e tendências em destaque

Presente há várias edições no Modtissimo, o iTechStyle Showcase, dedicado à inovação na indústria têxtil e vestuário, destaca nesta edição 30 tecidos, 14 produtos de vestuário e 10 empresas de acessórios. A mostra inclui ainda alguns artigos premiados no Ispo Textrends, na mais recente edição da feira de desporto Ispo Munich.

Durante os dois dias do salão, há ainda várias ações paralelas, incluindo um workshop do Cluster Têxtil dedicado a “Cidades inteligentes e mobilidade – tendências e necessidades futuras e a revelação das tendências de moda e lifestyle pelo WGSN e pelo Promostyl.

O programa inclui ainda a apresentação do ColorADD pelo criador do “alfabeto das cores”, Miguel Neiva, e a divulgação das novidades da Techtextil e da Texprocess, numa conferência de imprensa com Michael Jänecke, diretor das feiras Techtextil e Texprocess da Messe Frankfurt, e Veronika März, diretora da VDMA – Associação Alemã de Tecnologia Têxtil.