Início Notícias Têxtil

Modtissimo de volta à Alfândega

Depois de ter levantado voo no Aeroporto do Porto em fevereiro, o salão português da fileira moda regressa à “casa-mãe” para a sua 48.ª edição. As novas coleções das empresas de têxteis e vestuário, uma exposição de arte têxtil, a visita do Secretário de Estado da Indústria e um recorde de visitantes internacionais fazem parte do menu.

Na última edição, o Modtissimo inovou e transformou-se no primeiro certame profissional do género a realizar-se num aeroporto em funcionamento – o Aeroporto Francisco Sá Carneiro (ver Aterragem perfeita). A partir de amanhã, 21 de setembro, e durante dois dias, o salão regressa a uma casa conhecida – desde 2006 que a Alfândega do Porto se tornou no quartel-general do evento (ver Novo Modtissimo na Alfândega: aposta ganha!) – mas nem por isso deixa a renovação à porta.

As novidades são muitas, a começar pelo tema, que adota como conceito o “Visual”. «Tem a ver com a imagem que foi escolhida», justifica Manuel Serrão, diretor-executivo do Modtissimo, ao Portugal Têxtil. «A necessidade surgiu com a cada vez maior importância que se dá ao lado visual. Acabou por ser mais a imagem a escolher o tema do que o contrário», acrescenta.

Logo à entrada, os visitantes – na edição de fevereiro foram 6.734 compradores – poderão apreciar, «como surpresa, a exposição de arte têxtil, que resulta de uma parceria com a Contextile [a Bienal de Arte Têxtil Contemporânea que se realiza em Guimarães até 16 de outubro]», destaca Manuel Serrão.

A inovação estará igualmente em foco no iTechstyle Innovation Business Forum, uma iniciativa do Citeve, que agrega o Fórum de Tecidos Técnicos e Inovadores, o Showcase de Produtos Inovadores e, pela primeira vez, um Fórum de Acessórios Técnicos e Inovadores. Em vez das habituais apresentações em forma de tertúlia, o espaço estreia o Note Lounge, com vídeos “on-demand” em três áreas distintas (uma dedicada ao tema do habitat, outra mais institucional e uma terceira com diferentes temáticas), onde os visitantes poderão escolher o que querem ver naquele momento. No fundo, explica Cristina Castro, relações públicas do Citeve, é uma forma de «tornar o espaço tertúlia mais aberto e mais livre. Quer as pessoas façam a visita no primeiro ou no segundo dia, podem sempre encontrar a apresentação que mais lhes interessa». O iTechstyle Innovation Business Forum servirá também de palco de apresentação dos vencedores do Prémio Inova Têxtil deste ano.

Menos surpreendente, até porque é uma tendência que se tem vindo a afirmar de edição para edição, é a visita de mais profissionais estrangeiros. «Além daqueles que já estão registados, há muitos que pediram informações e que sabemos que irão visitar o Modtissimo – o que é sempre uma boa notícia», revela o diretor-executivo do salão. Um aumento que expande as oportunidades de negócio para os cerca de 250 expositores confirmados, que irão ocupar uma área de, aproximadamente, 7.400 m2.

«O Modtissimo está cada vez mais forte. Além do concurso de fotografia [Fashion People 3] e do iTechstyle Innovation Business Forum, temos o festival de filmes de moda [Fashion Films Festival 3] que está a crescer e que este ano conta mesmo com uma nova categoria internacional, a qual recebeu mais de 50 filmes estrangeiros dos cinco continentes», realça Manuel Serrão. «Teremos a Alfândega cheia, com um ambiente positivo, que contrasta com outras atividades. No fundo o Modtissimo espelha o nosso sector, que tem aumentado as exportações, e irá mostrar a confiança no futuro desta indústria», conclui.

Uma confiança que fica igualmente demonstrada pela visita ao salão do Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, agendada para o dia 22 de setembro, às 15h.