Início Notícias Moda

Momad regressa com força

A última edição da feira de moda de Madrid terminou com um balanço positivo, com 6.000 compradores, um número muito semelhante às edições pré-pandemia. A Momad decorreu em paralelo à Intergift, Bisutex e MadridJoya, registando um total de 35.625 visitantes profissionais provenientes de 85 países.

[©Momad]

Com esta convocatória multissectorial, Madrid voltou a ser o epicentro da moda, decoração, bijutaria e joalharia, com a celebração simultânea destas feiras que reuniram cerca de 1.100 empresas que exibiram as suas propostas para a primavera/verão 2022 entre os dias 17 e 19 de setembro.

A celebração das feiras nestas datas coincidiu ainda com a Mercedes-Benz Fashion Week Madrid, «que acabou por gerar grandes sinergias e oportunidades de negócio» salienta a Momad em comunicado.

Apesar de mais pequena, a feira de moda contou com expositores não só de vestuário como também de calçado, num total de 260 marcas originárias de países como Bielorrússia, Colômbia, Dinamarca, Polônia, Espanha, Grécia, Itália, França, Reino Unido, Turquia, Canadá e Portugal.

Nas palavras de Odete Santos, a Momad é importante para a marca portuguesa Cotton Brothers, que está a expandir-se em Espanha. «Fizemos alguns contactos interessantes para possíveis negócios e angariámos novos clientes neste mercado. Estabelecemos ainda contactos com o Chile», afirma, ao Portugal Têxtil, a brand manager da Cotton Brothers, que levou até Madrid as novidades da mais recente aposta da marca no segmento athleisure.

À Cotton Brothers juntaram-se as portuguesas Cristina Barros, Marjocri, Arax Gazzo – Agnes & Marie, Christina Félix, Mrolo, SMF Jeans, Cotton Park, Grupo Noiva, Concreto, Scusi, Get in Vibe, Josefinas, Daniela Shoes, Marita Moreno, Beneditas e Kayakstorm, num total de 17 marcas, que apresentaram as coleções lusas para a próxima estação quente.

[©Momad]
Também Rui Teixeira destaca a «importância do regresso físico às plataformas comerciais pós-pandemia e numa era de pré-normalidade», «revelando que esta foi a melhor edição de sempre quer em contactos quer em vendas». O responsável da marca espanhola Surkana para Portugal sublinha que «houve contactos de países da América do Sul, mostrando o carácter internacional da feira de Madrid».

No que diz respeito aos visitantes, esta edição da Momad recebeu um total de 6.000 profissionais não só de Espanha mas também de Portugal, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Bélgica, Bulgária, Camarões, Chile, China, Colômbia, Dinamarca, República Dominicana, Egito, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos e França.

A Ifema começou já a trabalhar na próxima edição da Momad, prevista entre os dias 4 e 6 de fevereiro. A feira de moda madrilena coincidirá novamente com os certames Intergif – de 2 e 6 de fevereiro –, Bisutex e MadridJoya – ambos de 3 a 6 de fevereiro.