Início Notícias Moda

Momad reúne moda internacional

Cerca de 300 marcas de 18 países, a maioria das quais provenientes da Europa, mas também dos EUA, Índia, Indonésia, Paquistão e Austrália, estarão em Madrid de 16 a 18 de setembro para mais uma edição da feira de moda espanhola. Portugal é um dos mercados representados, contabilizando duas dezenas de marcas.

[©Momad]

Benedita Fermosinho, Christina Félix, Cristina Barros, Lion of Porches, Scusi, Scripta e SMF são algumas das 20 expositoras lusas que estarão presentes na próxima edição da Momad, que abre portas na sexta-feira, 16 de setembro.

Durante três dias, um total de 300 marcas provenientes de um pouco de todo o mundo – nomeadamente  Amanha, França, Dinamarca, Itália, Grécia, Reino Unido, Polónia, Turquia, Paraguai, Venezuela, Colômbia, EUA, Índia, Indonésia e Paquistão – irão mostrar no parque de exposições Ifema Madrid as propostas para a primavera-verão 2023, numa edição com elevadas expectativas, já que a procura levou a organização a aumentar o espaço dedicado ao certame. «Tínhamos boas expectativas para a próxima edição depois de nos termos reunido com os grandes agentes do sector, mas o que está a suceder está a surpreender-nos e, sobretudo, a animar-nos muito, já que se sente a resposta dos nossos expositores a todo o trabalho realizado durante estes anos, que foram tão difíceis para eles, assim como para nós. São muito boas notícias, sem dúvida», salientou Julia González, diretora da Momad, ainda em junho.

Sustentabilidade ganha visibilidade

À semelhança da indústria, também a Momad está a assumir um compromisso cada vez maior para com a sustentabilidade, albergando não só uma área específica para marcas que apresentam artigos com características sustentáveis, mas colocando a sustentabilidade como um fator diferenciador. «É assim que a feira quer encorajar os expositores a trabalharem nesta direção e é por isso que apoia as empresas que expõem coleções sustentáveis, mesmo que não sejam criadas com esse propósito», destaca a organização.

[©Momad]
A somar às coleções das marcas de moda, a feira inclui ainda uma área dedicada à produção têxtil, com as tendências para a primavera-verão 2023 e o outono-inverno 2022/2023, assim como um espaço centrado no calçado e acessórios. Já o programa Ego irá destacar coleções diferentes e designs mais arrojados de novas marcas e jovens designers e o Servicios al Punto de Venta irá revelar as soluções inovadoras mais recentes para o retalho, embalagens e manequins, enquanto a chamada Sustainable Experience irá dar a oportunidade às marcas de mostrarem as suas propostas para promover a sustentabilidade e a responsabilidade ambiental, social e económica na indústria da moda.