Início Notícias Calçado

Momad Shoes em estreia

Na primeira edição “independente” do universo de vestuário e acessórios de moda, o mundo do calçado reúne-se em Madrid no próximo fim de semana. Nesta estreia da Momad Shoes, está confirmada está a presença de 230 expositores, 13 dos quais portugueses.

Em cerca de 9.000 metros quadrados – que abrangem o pavilhão 8 e 9 da Feria de Madrid – estarão cerca de 440 marcas de 230 expositores internacionais, 129 dos quais também pela primeira vez no certame espanhol. É o caso das portuguesas Lemon Jelly, Ambitious e Tattuaggi, mas também das italianas Pantofola d’Oro e Wrangler Footwear e da coreana Treksta.

«Estamos muito satisfeitos com a projeção do certame e com o crescimento de 20% em comparação com setembro, em que o calçado teve o seu próprio espaço dentro da Momad Metrópolis, e duplicamos a participação da edição em comparação com fevereiro do ano passado. A mudança de conceito foi muito bem acolhida pelo sector», explicou Jaime de la Figuera, diretor dos salões de moda da Ifema, em entrevista ao jornal La Verdad.

A feira estará dividida em segmentos, com o Espacio Metro a acolher as principais marcas de calçado e carteiras, enquanto o sector Fast & Young concentra as marcas direcionadas para um público mais jovem, incluindo calçado desportivo. No sector Casual, os visitantes poderão encontrar as coleções mais informais e urbanas, no sector Contemporâneo estarão as propostas com um toque mais artesanal, em Ego concentram-se os novos designers e empresas e em Kids estarão as propostas para o calçado de criança.

O programa paralelo é igualmente ambicioso, com diversos seminários e tertúlias, onde serão debatidos temas como “As 10 regras fundamentais para competir internacionalmente”, “Moda responsável. Procura e oferta para um consumidor emergente”, “O calçado face às mudanças climáticas” e “Chaves para crescer na loja multimarca”, esta última organizada pela Federación de Industrias del Calzado Español, a Momad Shoes e a Global Fashion Export, onde estarão presentes vários retalhistas e especialistas da World Kantar Panel, ISEM Business School e Inescop.

As tendências estarão igualmente em foco durante os três dias do certame, assim diversas exposições que têm os sapatos como fonte de inspiração. Da “Shoe Street Art” fazem parte 13 esculturas de sapatos de grandes dimensões (cerca de 3 metros), decoradas por artistas de rua com graffiti, pintura e colagem, e a “Calzarte 6.11” reúne as imagens finalistas e vencedoras do concurso de fotografia, promovido pelo Museu de Calçado de Elda, que decorreu entre 2006 e 2011.