Início Arquivo

Moscovo internacional

Como resultado do crescimento económico que se tem vindo a verificar na Rússia, nomeadamente no que diz respeito à atractividade do mercado para o sector da ITV, Moscovo está definitivamente na rota das grandes feiras internacionais. Não falamos só da Collection Premiere Moscow (CPM), feira de moda organizada pela Igedo, cuja primeira edição decorreu de 23 a 26 de Setembro no centro de exposições Krasnaya Presnaya Expocentr, mas também da Techtextil e da Heimtextil, que marcaram presença na capital russa. A primeira edição de Techtextil Rossija, Feira Internacional dos Têxteis Técnicos e dos Não Tecidos, organizada pela Messe Frankfurt, decorreu entre 23 e 26 de Setembro no VVC, Centro de Feiras da Federação Russa em Moscovo. A Rússia constitui uma interessante plataforma para fabricantes e utilizadores de têxteis técnicos, tal como evidencia a evolução do mercado nos últimos anos. O contínuo aumento nos pedidos de todos os tipos de têxteis técnicos tem obrigado a importar 75% dos materiais. Como todas as feiras Techtextil, o certame orienta-se em função das necessidades do consumidor com uma clara divisão em doze sectores de aplicação e dez grupos de produtos no que respeita aos expositores. No entanto deve-se destacar dois aspectos: a ampliação do conceito no sector de artigos de protecção e uma duração de quatro dias. De forma semelhante ao que acontece nas outras feiras Techtextil, o certame russo contará com um simpósio complementar. Portugal marcou presença através da empresa Endutex. «Desejamos facilitar aos expositores internacionais o acesso ao crescente mercado russo de têxteis técnicos e estimular os fabricantes russos interessados em incrementar as suas exportações e procurar novos sócios comerciais», assegura Hubert Demmler, responsável da filial de Messe Frankfurt na Rússia. Quanto à Heimtextil, feira especializada no sector dos têxteis para o lar, que também decorreu nas mesmas datas da Techtextil, em Moscovo, já vai na 5ª edição da Heimtextil Rossija. Tendo em conta o crescente número de expositores interessados em apresentarem as principais linhas de orientação e tendências para os têxteis-lar, a Messe Frankfurt e o seu parceiro local Rostextil/Textilexpo, decidiram aumentar para o dobro a área de exposição, contando com 160 empresas expositoras, sendo cerca de 60 estrangeiras. Foi evidenciado um particular interesse por países estreantes como a França, Áustria, Roménia, Eslovénia e EUA. Portugal também estará representado com duas empresas, a Pedro Teixeira de Carvalho e a Têxtil Macal.