Início Arquivo

Mudanças na moda em Milão

Numa altura em que o volume de negócios da moda italiana cresceu 6,5%, segundo o último relatório da “Fashion Economic Trends” da Câmara Nacional de Moda Italiana (CNMI), o presidente desta entidade, Mario Boselli, garantiu que o calendário para a próxima semana de moda de Milão – que se realizará entre os dias 22 e 28 de Setembro – não pode sofrer mais alterações ou qualquer espécie de pressões externas e que voltará a ter sete dias de desfiles. «Voltaremos a ter sete dias completos de desfiles, onde serão apresentadas belas colecções e onde haverá sempre dois nomes de destaque por dia», assegurou Boselli, assinalando ainda que a abertura do evento deve ocorrer com o desfile da conceituada marca italiana Gucci e que o encerramento do mesmo estará provavelmente a cargo de Giorgio Armani. Na edição passada, realizada em Fevereiro de 2010, a semana de moda da cidade tinha reduzido o seu calendário de desfiles, para se encaixar na agenda de Anna Wintour, directora da edição norte-americana da revista Vogue. A medida foi duramente criticada pelos estilistas e pela própria CNMI. «A nossa mensagem é clara, quem quiser entender que entenda. Não existem mágoas, mas desta vez há uma opinião unânime entre a organização e todos os estilistas e não haverá lugar para mudanças de última hora», acrescentou Boselli. Para além das mudanças no calendário, outra das grandes novidades desta semana de moda de Milão será a mudança de local do evento. Depois de quatro anos a ser realizado no Milano Convention Centre, a organização optou por mudar a localização do evento para diminuir custos. «Estamos a trabalhar com a administração de Milão para organizar os desfiles de moda em volta de localizações históricas dentro da cidade», concluiu o presidente da CNMI.