Início Notícias Moda

Negócio em Moscovo

«Contra todas as expectativas», como destaca a organização, a cargo da Igedo, serão apresentadas nesta 24.ª edição da feira aproximadamente 1.400 coleções de mais de 30 países, ocupando um espaço superior a 50 mil metros quadrados. De Portugal estará a Rüga, uma marca de moda contemporânea, criada em 2007 e pensada para o «estilo de vida das mulheres independentes». A feira, uma das maiores da região (em setembro de 2014 recebeu 18.500 visitantes profissionais em Moscovo), pretende manter o seu posicionamento como trendsetter para a Europa de Leste e, por isso, aposta também num programa de desfiles, apresentação de tendências e conferências ao longo dos quatro dias – de 24 a 27 de fevereiro. Na cerimónia de abertura, a protagonista será a designer Ksenia Chilingarova, filha do explorador russo dos polos terrestres Artur Chilingarov. Durante o certame irão ainda desfilar as propostas de Steilmann, UNQ e dos estudantes da British Higher School of Art and Design. As principais novidades, contudo, concentram-se no espaço dedicado às marcas de criança – CPM Kids –, que irá contar com propostas de jovens designers para os mais novos. «Estamos particularmente orgulhosos por promovermos designers de moda infantil porque a área CPM Kids foi o primeiro segmento que acrescentámos à nossa feira. Estamos atualmente a analisar outras coleções para dar aos jovens designers a oportunidade de uma presença numa feira profissional. Ao mesmo tempo, estamos a capitalizar esta oportunidade para trazer novas marcas para o mercado», revela Christian Kasch, diretor de projeto. Em estreia está ainda o novo segmento CPM Accessories no hall 8.2 e a área dedicada à lingerie e moda balnear, anteriormente conhecida como Body & Beach, tem uma nova designação – Moscow Mode Lingerie & Swim – sendo da responsabilidade da Eurovet (que organiza as feiras francesas Mode City e Salon International de la Lingerie. «O nosso objetivo não é oferecer apenas um segmento, mas um verdadeiro evento dedicado ao mercado russo e países vizinhos», explica Marie-Laure Bellon, CEO da Eurovet. Um novo design e disposição dos stands e uma nova decoração são algumas das diferenças que poderão ser vistas pelos milhares de visitantes esperados no certame.