Início Arquivo

Next com bons resultados

O lucro da Next antes de impostos atingiu os 621,6 milhões de libras esterlinas ao longo do período de um ano até ao mês de janeiro, evidenciando uma subida em relação ao valor de 570,3 milhões de libras registado no ano passado. O crescimento foi impulsionado por vendas fortes na Next Directory, o negócio de vendas on-line e por catálogo, assim como pela adição de novo espaço de retalho e a redução de custos na ordem de 64 milhões de libras. As vendas da marca subiram 3,1% para os 3,38 mil milhões de libras, em comparação com os 3,28 milhões de libras do ano anterior, enquanto as vendas da Next no retalho permaneceram estáveis nos 2,19 mil milhões de libras. Ambos beneficiaram do novo espaço de retalho, com acréscimos de 2,1% e 3,2%, respectivamente. As vendas da Next Directory subiram 9,5%, passando dos 1,09 para os 1,92 mil milhões de libras. As vendas da marca de moda Lipsy cresceram 0,3%, para os 58,6 milhões de libras. Enquanto isso, os parceiros de franquia internacionais, que operam 170 lojas Next em 33 países, registaram um aumento de 1,8% nas vendas para os 77,7 milhões de libras, ficando acima dos 76,3 milhões de libras registados no ano anterior. A Next compra cerca de 40% dos produtos através do seu negócio Next Sourcing, o qual registou no ano passado uma queda de 2,3% nas vendas, passando dos 519 para os 507,1 milhões de libras. O presidente-executivo da Next, Lord Wolfson of Aspley Guise afirmou que «a Next teve um bom desempenho num ano difícil, registando um bom crescimento nas vendas e nos lucros, juntamente com avanços excecionais no lucro por ação e dividendos. O próximo exercício não parece menos difícil, mas o grupo está bem preparado e tem mais oportunidades de crescimento». No entanto, Guise revelou que «as primeiras semanas do ano foram calmas e servem para reforçar uma abordagem mais cautelosa. Atualmente, as vendas estão na parte inferior do nosso alvo, mas esperamos que esta situação melhore. Vamos começar a ter um melhor entendimento do ambiente de consumo subjacente quando as temperaturas voltarem aos níveis sazonais». Olhando para o futuro, o grupo espera que as vendas anuais da marca Next aumentem entre 1% e 4%, enquanto o lucro antes de impostos está previsto situar-se entre 615 e 665 milhões de libras, representando em termos anuais um declínio de 1% a um crescimento de 7%.