Início Arquivo

Nike recupera direito à marca na roupa em Espanha

A batalha judicial entre a entre Nike a International e a Cidesport pelo uso da referida marca nos artigos têxteis e vestuário parece ter chegado ao fim.

O Supremo Tribuanl de Espanha comunicou recentemente às duas partes envolvidas nesta contenda uma sentença segundo a qual a empresa norte-americana poderá continuar a utilizar a sua marca e respectivo logótipo, não apenas nos seus sapatos e acessórios desportivos, mas também na roupa, artigos que até aqui só podia comercializar com o referido logótipo, mas sem o nome “Nike”.

O caminho até esta decisão foi longo e penoso, uma vez que a disputa se arrastava nos tribunais espanhóis desde Janeiro de 1991.

Nesta data, um grupo de empresários espanhóis (Cidesport e J. Rosell) apresentou um pedido que solicitava a nulidade da marca “Nike” que o Registo de Marcas havia concedido às empresas americanas Nike e Nike International.

Os referidos empresários espanhóis alegavam, na sua pretensão, direitos prioritários pela semelhança entre o logótipo da multinacional americana e a figura da Victoria de Samotracia, ao que a Nike International contrapôs, invocando a caducidade da mesma por falta de uso por parte dos espanhóis.