Início Arquivo

No Top da moda

Barbara Hulanicki, estilista que ajudou a escrever a história da moda entre os anos 60 e 70 com sua marca Biba, acaba de desenvolver uma colecção para a Topshop. Um novo trunfo da cadeia britânica, que vê nesta parceria uma boa oportunidade para as novas gerações terem contacto com uma das grandes influências do pronto-a-vestir que, entre outras coisas, ajudou a difundir a mini-saia e o estilo descontraído que hoje experimentamos na indústria da moda», revela a TopShop em comunicado. Uma pequena amostra das criações da artista pode já ser vista no site oficial da Topshop. Tratam-se de peças com um estilo leve e moderno, com ilustrações exclusivas criadas para t-shirts e vestidos, além da simplicidade nos padrões de cores e estampados, com um efeito moderno mas discreto. As peças estarão disponíveis em loja a partir de Maio. Conseguindo superar nomes como Calvin Klein ou Alexander McQueen, um vestido da Topshop, criado por Kate Moss, acaba de arrecadar o prémio de “vestido do ano” na Inglaterra. O modelo, de mangas longas, estampado com fundo preto e abotoado na frente, que custa 60 libras, foi eleito "vestido do ano" pelo Museu da Moda de Bath, que possui uma das maiores colecções da história da moda. Não me surpreende que o modelo desenhado por Kate Moss para a Topshop tenha ganho. é um modelo com um senso de estilo muito claro, aplicado com grande sucesso por uma das principais cadeias de vestuário mundiais», afirma Rosemary Harden, a directora do museu. Entre os anteriores galardoados do prémio estão conhecidos estilistas como John Galliano, Jean-Paul Gaultier e Giorgio Armani. Segundo os críticos de moda ingleses, o facto de este vestido ter ganho o prémio representa uma mudança de direcção na indústria da moda britânica, que parece abrir mão de sua obsessão – típica dos anos 90 – pelas grandes marcas, a favor de um estilo mais democrático e de acordo com a actual recessão».