Início Destaques

Nosdil: da Mealhada para o Japão

O País do Sol Nascente é o próximo destino da Nosdil, criada em 2006 pelo jovem Diogo Ferraz. A produtora de artigos de cozinha e de cama quer expandir o negócio a novos mercados, primando pelas “tailor made solutions”, ou seja, soluções feitas à medida dos clientes.

Eduardo Ferraz e Diogo Ferraz

A jovialidade de Diogo Ferraz não condiz com a experiência no sector dos 30 trabalhadores da empresa. «A empresa existe desde 2006, mas a experiência do staff técnico da Nosdil neste sector, partindo de outros grupos, remonta a 1978», assegura o CEO ao Portugal Têxtil.

Atualmente, a especialista em roupa de cozinha e mesa – toalhas, panos, pegas, luvas, aventais e individuais – e artigos de cama – lençóis, fronhas, proteções de cama, cortinas e almofadas decorativa –, exporta cerca de 55% do que produz, maioritariamente para a Europa, nomeadamente Alemanha, Bélgica e França.

No entanto, o mercado nipónico é o mais desejado pela Nosdil e daí a estreia na Interior Lifestyle Tokyo, que decorrerá de 17 a 19 de julho. A escolha do Japão, justifica o diretor comercial Eduardo Ferraz, tem que ver com o facto de a empresa se identificar «com a cultura nipónica, que é semelhante à cultura da empresa, basicamente, na forma de estar e no desenvolvimento de negócios». O CEO vai mais longe, sublinhando que «o japonês constrói parcerias longas e duradouras. Nós procuramos parcerias com os nossos clientes. Gostamos até de, por vezes, começar com clientes que não tenham uma grande dimensão, vê-los crescer e, assim, também crescemos com eles».

O segredo para relações duráveis

As parcerias duradouras são «o segredo» para a «estabilidade» da Nosdil, afirma Eduardo Ferraz. A empresa registou, em 2018, um crescimento de 6% no volume de negócios, para 3,8 milhões de euros. Com o corte, a confeção e a embalamento dentro de portas, a Nosdil tem um negócio «bastante constante».

«Procuramos estar em mercados e clientes com os quais tenhamos parcerias. Muito honestamente, negócios isolados não são o nosso forte. Temos clientes com os quais estamos desde o princípio», explica o diretor comercial, citando o exemplo, no mercado interno, do Espaço Casa, um dos seus maiores clientes. «Quando iniciámos a parceria tinha quatro lojas e, atualmente, contabiliza 75. Tudo o que oferece de têxtil para a cozinha é nosso. Eles estão bem connosco e nós bem com eles», revela.

Uma marca própria à medida

A criação de uma marca própria é outro dos objetivos da especialista em roupa de cama e cozinha. «Mesmo quando tivermos a marca própria, estamos sempre focados, como diz o nosso mote, em fazer tudo à medida do cliente. Fabricamos a solução. No fundo, somos uma empresa de soluções», garante o diretor comercial.

Atualmente, a Nosdil está a aplicar a a estamparia digital nos seus produtos e a apostar na usabilidade dos artigos. «Em toalhas de mesa, estamos a focar-nos em artigos revestidos, que sejam fáceis e práticos de usar e os artigos sejam resistentes e antinódoas. Há muitos artigos antinódoa e a maior parte, depois de cinco ou 10 lavagens, perde essa propriedade… Estamos principalmente a focar-nos no revestimento em acrílico, que permite uma melhor usabilidade do produto», adianta Eduardo Ferraz.