Início Arquivo

Novo rumo para a ITV marroquina

Após um ano de trabalho entre profissionais marroquinos e especialistas internacionais e após o estabelecimento dum acordo entre o Governo e a Associação Marroquina da Indústria da Textil-Confecção (Amith), foi desenvolvida uma nova estratégia comercial e de mercado para a ITV marroquina, o sector, que ocupa um lugar preponderante na economia do país. A nova estratégia foi apresentada no passado dia 17de Outubro em Marraquexe, durante um encontro internacional realizado no âmbito de uma semana dedicada à ITV marroquina, com o lema “Novo rumo para uma indústria criativa”, num encontro que reuniu mais de 800 participantes entre empresas de distribuição, organizações sectoriais, entidades públicas e meios de comunicação de todo o mundo. O plano de acção pretende adaptar a oferta têxtil-confecção à evolução dos requisitos internacionais, oferecendo produtos mais diferenciados e de moda. Para isso, as empresas marroquinas deverão passar da simples subcontratação a um novo conceito denominado co-contratação, que constitui um passo intermédio, antes da concepção global do produto acabado. Desta forma, a ITV marroquina pretende melhorar a sua competitividade, ameaçada pela pressão que exercem os países da Europa de Leste e os países asiáticos, melhorar a sua imagem e diversificar os seus mercados. A nova visão da Amith parte de um modelo de colaboração equilibrado entre uma indústria ágil e criativa e uma distribuição em constante evolução. O objectivo é mobilizar os industriais e dar-lhes mais visibilidade. “ Os estudos devem ter como resultado um plano de acção e programas de acompanhamento. Nós convocámos os poderes públicos para lhes comunicar a nova visão que temos do sector. Esperamos uma mobilização do governo face aos objectivos fixados, mas sobretudo, uma mobilização dos industriais”, explica países asiáticos, director de Amith. Do programa da semana dedicada à ITV marroquina, que decorreu entre 13 a 17 de Outubro, proposto pela Amith, constavam, além do seminário internacional, dois salões e um desfile de moda, mostrando claramente que a ITV marroquina tomou um novo rumo. Em Casablanca ocorreu, nos dias 13, 14 e 15, a segunda edição do salão “Maroc Sourcing”, dedicado a fabricantes de matérias-primas, acessórios e serviços, e nos dias 14 e 15, a primeira edição de “Maroc In Mode”, novo salão de prêt-à-porter com a participação de cerca de 150 expositores, constituídos por empresas marroquinas de confecção, especialistas tanto em colecções de produto acabado como em subcontratação, principalmente dos sectores de confecção exterior de senhora e sportswear, mas também de homem, criança e moda intima. Este novo salão dirige-se tanto aos compradores de cadeias de lojas, centrais de compra, retalhistas, como a confeccionadores que desejam deslocalizar parte da sua produção ou complementar as suas próprias colecções com novos produtos. Os dois salões substituem o salão Vetma, “ Estamos convictos que este formato corresponde melhor à realidade actual”, explica Abdelali Berrada. Esta reorganização da plataforma de promoção foi decidida após um longo período de reflexão e de estudo, em colaboração com o Instituto francês da Moda (IFM), com o objectivo de reflectir no futuro do sector.