Início Arquivo

O principal é o acessório

Os acessórios, ao longo dos últimos anos, têm vindo a conquistar terreno nos visuais, conferindo muitas vezes um toque de irreverência ou incutindo uma certa elegância como toque final de um look perfeito. No Fashion Rio, foram precisamente os acessórios que estiveram em evidência como peças-chave a usar no próximo Inverno. Entre os destaques encontram-se as meias calças que, para além das cores fortes, têm ainda brilhos e muitas vezes podem ser em látex, como as apresentadas pela estilista Juliana Jabour. Por outro lado, Giulia Borges apostou nos soquetes, em visuais mais moderados e requintados, que foram muitas vezes o complemento ideal para leggings semi-transparentes. Relativamente às bolsas, a principal tendência surge nas correntes, que são na sua maioria em dourado e que podem ser usadas na mão ou a tiracolo, combinando na perfeição com qualquer estilo e qualquer idade. As bolsas mais pequenas, as clutchs, seguem igualmente a mesma tendência, em modelos estruturados como os apresentados por Victor Dzenk. Já, as bolsas da Mara Mac aparecem em cores vibrantes, sendo o complemento perfeito para dar um toque especial a visuais de tons mais discretos. Os chapéus também parecem ter conquistado os estilistas. Na última colecção de Juliana Jabour, a criadora de moda apostou em modelos semelhantes a boinas com detalhes de fechos, delicados e diferentes do habitual. Em contrapartida, a Maria Bonita Extra preferiu modelos mais clássicos, proporcionando um irresistível toque masculino a toda a produção. Os lenços também “subirão à cabeça” no próximo Inverno, incrementando os penteados com uma elegância ímpar, a par do que foi apresentado por Cantão. Os colares e as pulseiras aparecerão em tamanho XXL. Os colares das colecções Printing e de Walter Rodrigues não descuram os detalhes e os volumes, enquanto que as pulseiras também da Printing dão a sensação de descontracção. Por outro lado, os cintos reforçam a feminilidade, como os da Coven que marcam bem a cintura.