Início Notícias Vestuário

O rock and roll da Anaaga

Com o preto a dominar as coleções, é ao ritmo do rock and roll que a marca nacional tem conquistado fãs aquém e além-fronteiras, mantendo como palco principal a loja aberta no Península Boutique Center, no Porto. Os maiores sucessos da Anaaga são os pelos e as peles.

Em outubro último, a marca portuguesa Anaaga abriu o seu primeiro ponto de venda no Península Boutique Center, no Porto, para lá estrear a primeira coleção.

O estilo dos ícones do rock, como Jimi Hendrix, Janis Joplin, Jim Morrison ou David Bowie inspirou peças como blusões biker, casacos com pelo e muitos pormenores metálicos.

Para mulher, a Anaaga propõe casacos em pele, pelo ou dupla face, curtos ou longos, intemporais ou mais irreverentes, sendo que, nesta estação fria, a marca desenvolveu também uma coleção cápsula masculina de edição limitada e a cada peça foi dado o nome do ícone que a motivou. Por isso, Cobain, Dylan, Lennon e Presley, entre outros, emprestam o nome às peças. O leque de preços varia entre os 350 e os 2.700 euros.

«A coleção da Anaaga oferece um look sofisticado e, ao mesmo tempo, rebelde, incorporando detalhes edgy em todos os produtos. Com um conjunto de peças de edição limitada, a marca procura tornar o estilo dos seus clientes único e exclusivo», explica a responsável de marketing e pesquisa da Anaaga, Catarina Braz, ao Portugal Têxtil.

Atualmente, os principais mercados da marca nacional são o Reino Unido e os países nórdicos, sendo que dentro de portas a Anaaga realiza cerca de 20% das vendas. As expedições para moradas internacionais acontecem através do portal de comércio eletrónico, que dá música a ouvintes nos quatro cantos do mundo.

Considerando que a Anaaga nasceu no final de 2015, o crescimento das vendas foi acentuado em 2016 comparativamente ao ano anterior. O “boom” de 200% foi, para Catarina Braz, alavancado pela forte aposta em marketing, «contribuindo para fazer crescer e posicionar a Anaaga no mercado», afirma.

Ainda nos primeiros acordes, para o futuro, os objetivos passam por «um crescimento sustentado e pela entrada em novos mercados», antecipa a responsável de marketing e pesquisa, que assegura ainda que «vamos continuar a trabalhar a marca para que cada vez mais se associe a Anaaga a roupa irreverente e exclusiva».