Início Notícias Marcas

O valor da marca

A Centromarca – Associação Portuguesa de Empresas de Produtos de Marca foi criada em 1994 por um grupo de 24 empresas detentoras de produtos de marca de vários sectores, «com o objectivo de criar uma associação através da qual fosse possível estudar, em conjunto, os problemas que afectam a marca e coordenar os esforços necessários para lhes dar uma resposta eficaz». Atualmente, segundo o website da associação, congrega 56 associados que detêm mais de 800 marcas e tem um volume de vendas anual no mercado nacional da ordem dos 6 mil milhões de euros. É com o objetivo de perceber o valor acrescentado da marca e como a indústria da moda pode capitalizar esse valor que se realiza o workshop sobre o Valor da Marca, agendado para as 10h30 do dia 26 de fevereiro, na Alfândega do Porto. A iniciativa do CENIT – Centro de Inteligência Têxtil, com o apoio da ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, no âmbito do projeto InFashion, com o apoio do Compete, pretende, assim, elucidar empresários e interessados sobre esta área. Depois das boas-vindas, dadas por Paulo Vaz, diretor-geral da ATP e presidente do conselho de administração do CENIT, João Paulo Girbal, presidente da Centromarca, irá intervir sobre “O Valor da Marca na Indústria da Moda”, a que se seguirá uma sessão de perguntas e respostas. De acordo com um artigo publicado em dezembro de 2014 no Hipersuper, com as opiniões de João Paulo Girbal, em 2035 o comércio online estará numa fase de maturidade e as marcas serão um fator importante de confiança por parte dos consumidores. «Os grandes desafios para as marcas de fabricante estarão no domínio da comunicação, nomeadamente: como se darem a conhecer no meio de tanto estímulo; como se diferenciarem quando a maioria dos produtos já é muito adaptado ao seu consumidor individual; como alimentar e fazer crescer as legiões de fãs que recomendam os seus produtos», aponta o artigo, acrescentando que «os próximos anos serão de enorme inovação e transformação no que diz respeito ao formato, à quantidade e qualidade da informação de produto que a marcas disponibilizam. Os fabricantes de marca estarão seguramente à altura».