Início Notícias Moda

Panorama Berlin já mexe

A organização do salão de moda já relançou o desafio às marcas: caso pretendam captar os mais de 50 mil visitantes da Panorama Berlin, é necessário agendar rapidamente a viagem para a capital germânica, entre os dias 3 e 5 de julho de 2018, datas da edição primavera-verão 2019.

Guiada pelo leitmotiv “Connecting Communities”, este verão, a Panorama Berlin volta a reunir na cidade alemã, mais precisamente no recinto da Messe Berlin, os principais atores da indústria da moda – do vestuário ao calçado, passando pelos acessórios e lifestyle.

«O negócio da moda continua a ser um negócio de pessoas. Além da antecipação das tendências, a troca entre os visitantes e expositores continua a ser indispensável para a Panorama Berlin», afirma Jörg Wichmann, CEO Panorama Berlin, em comunicado.

A segmentação introduzida na última estação, em janeiro, teve grande sucesso e, por isso, será mantida em julho.

Depois de ter sofrido uma renovação do layout, os halls da Panorama Berlin apresentam-se agora divididos por género, facilitando a navegação dos visitantes em busca das últimas novidades. Cada um dos 10 halls está ainda dividido em áreas específicas para vestuário casual e denim, formal, clássico e contemporâneo. Os 45.500 metros quadrados de exposição preparam-se para voltar a receber aproximadamente 800 marcas de moda.

«O feedback positivo de expositores e visitantes em relação ao layout do salão confirmou o sucesso do nosso conceito», aponta o CEO do salão, acrescentando que, na edição de verão, serão ainda incluídos o calçado, os acessórios e os artigos de lifestyle dentro das três áreas específicas.

Como principais novidades da edição de julho, o hall 9 (Nova), que explora as propostas no segmento denim, terá um desdobramento – o Nova Court, com 60 marcas de moda desportiva representadas. Os dois temas sazonais – ioga e beachwear – completam a oferta do espaço Nova.

Já a zona “Retail Solutions” nasce exclusivamente dedicada à otimização do sector do retalho. De soluções digitais a conceitos de franchising, passando pelo merchandising, a Retail Solutions, no hall 6, vai reunir serviços e ferramentas que ajudarão os retalhistas de moda «a despertar» para o futuro.

Depois de uma estreia de sucesso em janeiro, a área de moda sustentável será expandida para outro hall (7B). «O grande sucesso desta área, desenvolvida em colaboração com a INNATEX, mostra a procura crescente deste importante segmento», destaca Jörg Wichmann.

Em janeiro, a A-Line Clothing, Felmini, Portuguese Flannel e a Softinos representaram a moda lusa no certame (ver Inverno não arrefece moda em Berlim) que, a cada edição, recebe mais de 50 mil visitantes.