Início Arquivo

Parfois ataca Moscovo

A Rússia é o novo mercado-alvo, da marca portuguesa de acessórios Parfois que, após a abertura de dois estabelecimentos em regime de franquia na capital do país, tem já em vista a abertura mais duas lojas em Moscovo e duas em São Petersburgo. «Moscovo é uma cidade que está no topo para as marcas de moda. A força de Moscovo no retalho de moda é equivalente ou superior às melhores capitais da Europa Ocidental», afirmou Sérgio Marques, director-executivo da Parfois, à Lusa. Líder de mercado no sector dos acessórios, a Parfois é considerada como um dos casos de maior sucesso em Portugal, apostando na qualidade, num preço relativamente acessível e na renovação constante da sua oferta para surpreender permanentemente os seus clientes. Esse sucesso é traduzido, na extensa lista de abertura de lojas nos mercados nacional e internacional e no contínuo crescimento do seu volume de negócios. «No primeiro semestre do ano, a Parfois abriu 18 novas lojas, entre as quais quatro estão localizadas em Portugal, e registou ainda um crescimento das vendas de 30%, para cerca de 20 milhões de euros. De igual forma, nos primeiros seis meses, crescemos acima do esperado, que apontava para 27%», referiu Sérgio Marques. No entanto a Rússia não é o único alvo da Parfois. Com efeito, a marca de acessórios de moda pretende expandir-se, ainda este ano, para países como o Líbano e Marrocos, o que, se vier a acontecer, vai elevar para 24 o número de países com lojas da insígnia sediada em Gondomar. O mercado asiático é igualmente outra aposta da Parfois, que recentemente abriu uma loja nas Filipinas e que está à procura de um parceiro para entrar na China. «Estabelecemos um primeiro contacto com empresas à procura de um parceiro na China. No entanto o processo de expansão neste país ainda está um bocadinho verde», concluiu Sérgio Marques.