Início Notícias Marcas

Peryod abraça o feminismo

Igualdade de género e empoderamento feminino são dois dos valores da nova marca portuguesa, que junta à responsabilidade social a sustentabilidade das peças que compõem a primeira coleção, produzida em Portugal e com reduzido impacto ambiental.

[©Peryod]

Statement Collection é o nome da primeira coleção da Peryod, que veste a causa feminista e, também por isso, foi lançada por mulheres no Dia da Mulher.

Mónica De La Serna, Rita Sarabando, Mafalda Vilela e Graça Rodrigues são as mulheres por detrás deste novo projeto da moda, nascido durante a pandemia. «O nosso objetivo é criar uma comunidade onde as mulheres se sintam empoderadas. É dar voz a todas estas mulheres e fazer com que essa mesma voz chegue ao mundo, é fazermos parte ativa da mudança para um mundo mais justo», explica Mónica De La Serna, brand manager da Peryod.

Esse mote está bem espelhado na primeira coleção da marca, composta por cinco modelos, cada um com o nome de uma mulher que contribuiu para uma sociedade mais justa e mais livre.

Amelia, em honra de Amelia Earhart, pioneira da aviação, Truth, para lembrar Sojourner Truth, abolicionista e ativista dos direitos das mulheres, Olympe, em celebração da dramaturga e ativista francesa Olympe de Gouges, Betty, em honra da atleta olímpica Betty Robinson, e Maria, em memória da pedagoga italiana Maria Montessori, são os modelos, estando este último disponível em conjuntos mãe e filho (para crianças entre 1 e 6 anos de idade).

[©Peryod]
A maior parte das peças tem mensagens estampadas de valorização pessoal e palavras de incentivo às mulheres, estando ainda disponíveis em diferentes tamanhos, do XS ao XXL.

A responsabilidade social da marca, que vende apenas online através do seu próprio website, vai mais longe e propõe-se doar parte dos lucros anuais (um euro por cada peça vendida) a uma instituição que apoie mulheres e raparigas, sendo que cabe ao cliente escolher uma de três instituições selecionadas pela Peryod: Associação Vida Norte, Diaconía e Lar Jorbalán.

Do lado da sustentabilidade, a Peryod aposta na qualidade e durabilidade das suas peças, que «possam assegurar elevada longevidade e reduzido impacto ambiental». Todas as peças são desenvolvidas e produzidas em Portugal, a maioria das quais com recurso a algodão orgânico, com certificação BCI – Better Cotton Initiative, GOTS – Global Organic Textile Standard e OCS – Organic Contect Standard.