Início Arquivo

Pitti Filati com toque português

APitti Filati arrancou com a sua 65.ª edição. A feira de fios de Florença começouontem e prolonga-se atéamanhã (quinta-feira), numa edição marcada pela estreia de um novo certame. Para além dos fios, a feira da Fortezza da Basso está a receber o Moda-Prima Tessuto, o novo projecto do consórcio têxtil Pratotrade, dedicado aos melhores produtores de tecidos da região. A Somelos Fios juntou-se ao certame, numa deslocação com o apoio da Associação Selectiva Moda no âmbito do Qren, com uma oferta adaptada ao gosto transalpino. Já presente no mercado, a empresa de Guimarães tem como objectivo «manter os clientes que temos na região e, se possível, estabelecer novos contactos», revela Celestina Natal, directora comercial da empresa. Um desejo de sucesso comum aos outros expositores e à própria organização. «Vamos abrir as portas da próxima Pitti Filati com grandes expectativas», antecipou Raffaello Napoleone, director-executivo da Pitti Immagine, responsável pela organização do evento. Esta edição reserva ainda outras novidades para além do Moda-Prima Tessuto, com especial destaque para o Spacio Ricerca. O título do espaçoé Who-and-I e, sob a direcção artística do designer de moda Angelo Figus e a especialista em malhas Nicola Miller, apresenta as tendências para a estação fria 2010/2011. A nova versão do Spacio Ricerca envolve todo o pavilhão Cavaniglia, incluindo o Fashion at Work, a área dedicada às mais avançadas tecnologias e serviços para as indústrias têxtil e do vestuário. Além disso, e tendo em conta a aprovação geral constatada na última edição, o espaço apresenta “pontos” seleccionados dos arquivos históricos das empresas de produção de malha e das grandes casas de moda, vestuário e experientes em malhas, assim como ligações concretas com o mundo dos têxteis – lavagens, estampados, bordados, ornamentos e acabamentos, além do desenvolvimento de novos conceitos de tendências. O Who-and-I é uma série de reflexões sobre o tópico da identidade, um estudo que vai à procura das origens e de características identificativas. Com os seus cinco temas – Pré-History, Re-Tailor, Chil-Dish, And-Rogine e U-Nisex – pretende «lançar as fundações de um novo futuro e de uma nova estética», de acordo com o comunicado da organização. O Spacio Ricerca, que conta com as contribuições dos expositores da Pitti Filati,mantém-se ainda no caminho da investigação das mais recentes inovações em fios ecológicos e sustentáveis, éticos e de comércio justo. Bons motivos que deverão levar milhares de compradores a Florença, tal como aconteceu na edição estival do ano passado, em que marcaram presença 5.527 compradores.