Início Arquivo

PME apoiadas para se ligarem à Internet

Noventa por cento das empresas em Portugal são de pequena ou média dimensão, e destas, só uma pequena percentagem está ligada à Internet. A “PME Digital”, uma iniciativa integrada no Plano Operacional de Economia (POE), tem como objectivo principal ultrapassar esta situação, contando com uma dotação financeira de quatro milhões de contos. Numa tentativa de afastar os receios de que este projecto se resuma na prática, à renovação do equipamento informático das empresas, o ministro da economia deixou claro que, «com o PME Digital não se cairá no risco de tudo se resumir à aquisição de novos computadores». Assim, o projecto pretende favorecer a participação das pequenas e médias empresas na economia digital, mas numa perspectiva mais vasta de Internet e não somente no segmento do comércio electrónico. Desmistificar o uso das novas tecnologias, é um dos objectivos do “PME Digital”, que avança nesta primeira fase como projecto-piloto, podendo no entanto sofrer modificações e ajustamentos, se houver um elevado número de empresas a apresentar projectos com um nível de qualidade adequado. Dos cerca de quatro milhões de contos disponibilizados para este projecto, três milhões destinam-se à criação do Sistema de Incentivos à Participação das PME na Economia Digital , e um milhão à criação de Redes de Informação e Assistência Técnica (RIAT), que terão como função apoiar as PME. O primeiro-ministro António Guterres, que presidiu à sessão de lançamento, sublinhou, depois de salientar que esta iniciativa se integra numa estratégia global de inovação, que o objectivo deste projecto é «vencer o nosso atraso estrutural» que se manifesta, desde logo, nos recursos humanos. António Guterres salientou também o papel chave que as exportações têm na economia, afirmando ainda, que em breve as empresas que não recorram ao comércio electrónico terão dificuldades em exportar os seus produtos.