Início Notícias Tecnologia

Porsche substitui carbono por fibras naturais

A construtora automóvel criou, em parceria com a Bcomp e a Four Motors, um novo modelo automóvel com uma carroçaria fabricada num compósito de fibras naturais em vez de fibra de carbono. O Cayman 718 GT4 CS MR estreou-se na mítica corrida 24 horas de Nürburgring e a tecnologia deverá chegar em breve à estrada.

[©Porsche AG]

O carro usa a tecnologia powerRibs da Bcomp, inspirada nos veios das partes de trás das folhas, que cria uma espécie de rede 3D de um dos lados de um elemento com paredes finas, maximizando a rigidez com um peso mínimo. Isso permite que os componentes em fibras naturais sejam capazes de igualar a performance das tradicionais fibras de carbono, oferecendo ainda benefícios adicionais, nomeadamente ao nível da sustentabilidade ambiental, uma vez que traz uma redução de 75% da pegada de CO2 e opções viáveis de fim de vida, uma diminuição de 30% nos custos com os materiais e uma maior segurança.

A Porsche Motorsport e a Bcomp trabalharam juntas no desenvolvimento da carroçaria em fibras naturais, tendo utilizado a mesma tecnologia de produção e os mesmos moldes usados para fabricar os componentes em fibras de carbono. Segundo a Porsche, fibras de linho são a base do compósito. Nas portas, madeira de balsa leve serve como base. A construção em sanduiche está correlacionada com o processo de moldes por transferência de resina utilizado nos componentes com fibras de carbono. Já para a asa traseira, as camadas são impregnadas com resina epóxi, sendo depois “cozidas” uma autoclave. Diferentes espessuras e orientações das fibras permitem ter um ajuste preciso a propósitos diferentes.

«Este projeto mostra, de uma forma impressionante, que as fibras naturais podem facilmente substituir as fibras de carbono em muitas aplicações de desportos motorizados graças à powerRibs. As 24 horas de Nürburgring são a corrida de GT mais dura do mundo e a oportunidade perfeita para fazermos o teste decisivo de resistência das nossas soluções leves sustentáveis», afirma Johann Eacht, diretor de desportos automóveis da Bcomp.

Das pistas para o mundo

«Há anos que usámos componentes de fibras de base biológica nos nossos carros de corrida e estivemos sempre determinados a promover a utilização destes materiais de elevada performance», explica Thomas von Löwis, diretor da Four Motors, a equipa de corrida da Porsche Alemanha que é conhecida por ter um forte compromisso para com a ecologia e o objetivo principal de apoiar o desenvolvimento de tecnologias que reduzam a pegada de carbono e possam ser aplicadas em veículos de estrada, expandindo assim o seu impacto na mobilidade. «Agora, a Porsche e a Bcomp desenvolveram um produto sustentável perfeito a tempo da corrida de 24 horas», sublinha.

[©Porsche AG]
Por seu lado, Christian Fisher, CEO da Bcomp, considera que «tem sido uma viagem fascinante desde que começámos a nossa colaboração com a Porsche há três anos, resultando na primeira carroçaria em fibras naturais em produção em série – o Porsche 718 Cayman GT4 Club-sport com a nossa solução leve sustentável na asa traseira e nas portas. Agora apresentamos o próximo passo conjunto, expandindo a tecnologia a toda a carroçaria. Sentimo-nos humildes e orgulhosos por colaborar com a Porsche e os seus reputados parceiros, atingindo um importante marco para a utilização disseminada de materiais de performance sustentável na mobilidade do futuro».