Início Destaques

Portugal brilha na Première Vision

Uma montra de artigos criados em exclusivo por designers portugueses em parceria com empresas nacionais e uma conferência para promover o “made in Portugal” são algumas das iniciativas que integram a participação de Portugal como Focus Country na Première Vision, numa edição onde a Paulo de Oliveira e a Tintex estão nomeadas para os PV Awards.

Numa organização conjunta do CENIT – Centro de Inteligência Têxtil e da ASM – Associação Selectiva Moda, já anunciada no mês passado (ver Portugal em foco na Première Vision), a iniciativa pretende atrair a atenção dos milhares de visitantes que acorrem à Première Vision Paris a cada edição – em fevereiro foram cerca de 54.500 visitantes (ver Première Vision une fileira lusa) para o know-how no têxtil, vestuário e confeção que as empresas portuguesas detêm.

A. Sampaio

Numa montra especial preparada com o apoio técnico do Citeve, que ocupará 100 metros quadrados na Première Vision Manufacturing, no hall 6, estarão três núcleos de exposição: um com artigos de 15 confecionadores que estão a expor na feira; um outro com produtos que misturam tecnologia e moda, onde estarão representadas a Ana Sousa by Flor da Moda, Damel Innovation, Dielmar, Oldtrading, Scoop e Troficolor; e um terceiro com criações de designers nacionais com tecidos e malhas produzidos pelas empresas portuguesas. Neste último, será possível ver o resultado do trabalho de Mário Matos Ribeiro com a A. Sampaio & Filhos, de Inês Torcato com a LMA, de Luís Carvalho com a Penteadora, de Nuno Baltazar com a Riopele, da dupla Alves/Gonçalves com a Somelos Tecidos e de Maria Gambina com a Tintex.

LMA
Riopele

Dentro do programa do Focus Country, Portugal organiza também uma conferência no dia 20, pelas 15h45, sob o mote “Portugal: o seu parceiro de negócios de confiança”. Eurico Brilhante Dias, Secretário de Estado para a Internacionalização será o responsável pela abertura da conferência, onde irão intervir João Paulo Pinto Machado, do CENIT, Manuel Serrão, da ASM e Braz Costa, do Citeve. O programa completo, que encerra com um cocktail, pode ser consultado no site da Première Vision.

Paulo de Oliveira e Tintex nomeadas

Somelos
Tintex

Para além desta iniciativa, Portugal estará representado na Première Vision Paris com 64 expositores, divididos pela Première Vision Yarns (sete expositores), Première Vision Fabrics (34 expositores), Première Vision Leather (quatro expositores), Première Vision Accessories (quatro expositores), Première Vision Manufacturing (13 expositores) e Knitwear Solutions (dois expositores).

As atenções estarão igualmente centradas na cerimónia de entrega dos PV Awards, cujo júri é presidido, nesta edição, por Olivier Theyskens (ver Olivier Theyskens preside os PV Awards), que se realiza no dia 19 de setembro, às 17h30. Entre os nomeados estão, pela primeira vez, as empresas portuguesas Paulo de Oliveira e Tintex.

Novos espaços físicos e virtuais

A par com as tendências de mercado, onde a digitalização ocupa um lugar cada vez maior, a Premiére Vision Paris está a lançar, nesta edição, a Première Vision Marketplace, uma plataforma de comércio eletrónico que pretende ligar expositores e compradores para além do tempo que dura o certame.

Troficolor

Para já apenas dedicada aos tecidos – irá posteriormente expandir-se a outras categorias de produto –, a plataforma «irá ainda compreender uma revista, apresentações de tendências e análises para dar aos compradores acesso ao conhecimento da Première Vision. Além disso, serão analisados diariamente novos produtos pelas nossas equipas de cada salão, em relação direta com as novas coleções dos expositores», indica a organização.

Esta edição marca ainda a estreia do Sport & Tech, que junta num mesmo espaço expositores especialistas em materiais técnicos e para desporto, juntamente com um fórum e um programa de conferências relacionadas com esta temática.

Embora já repetente, a Smart Square, dedicada à sustentabilidade, está igualmente em destaque, uma vez que nesta edição terá o dobro do tamanho, incluindo uma área dedicada a materiais alternativos.