Início Notícias Têxtil

Portugal brilha no Ispo Textrends

Sete empresas representadas, 36 amostras selecionadas, cinco das quais no top 10 e três com a distinção de melhor produto são alguns dos números que antecipam uma Ispo Munich de luxo para os têxteis portugueses, num cenário que fica completo com a participação de 41 expositores lusos.

Entre as 512 candidaturas, 36 amostras portuguesas convenceram o júri internacional do Ispo Textrends, que premeia as inovações têxteis, e estarão em destaque no respetivo fórum na Ispo Munich de 2018, que se realiza de 28 a 31 de janeiro de 2018.

«Em termos de sustentabilidade, temos cada vez mais candidaturas. Penso que isso é muito bom para o futuro porque a indústria está a perceber a importância de reciclar e ter mais materiais ecológicos», realçou Braz Costa, diretor-geral do Citeve – o representante português no júri – em comunicado do Ispo Textrends.

É precisamente nesta área da sustentabilidade que a portuguesa Tintex tem investido e, com isso, colocou 10 amostras no Ispo Textrends Forum: sete selecionadas, duas no top 10 e uma distinguida como “Best Product” na categoria de Soft Equipment. «É uma malha revestida com cortiça, em preto, que é impermeável, respirável e sustentável, conjugando também a parte estética», explica Mário Jorge Silva, CEO da Tintex, ao Portugal Têxtil.

Outra das vencedoras foi a A. Sampaio & Filhos, que recebeu o reconhecimento de “Best product” em duas amostras – nas categorias de camada exterior e Soft Equipment –, colocou dois produtos no top 10 e teve mais quatro amostras selecionadas.

Já a Island Cosmos destacou-se com 11 amostras selecionadas, a LMA tem quatro amostras selecionadas e a Heliotextil (na categoria acessórios), a Inovafil (na categoria de camada base) e a NGS Malhas (na categoria Eco Era) tiveram, cada uma, uma mostra selecionada para o Ispo Textrends Forum.

«Desta forma, Portugal voltará a brilhar no Ispo Textrends Forum em Munique», realça Tânia Barros, representante oficial da Feira de Munique em Portugal, que em comunicado dá «os parabéns à indústria têxtil portuguesa» por estes resultados.

41 expositores confirmados

Além do Ispo Textrends Forum, e à semelhança do que já aconteceu na edição de 2017 (ver Um mundo de inovações), as empresas portuguesas estão em força também na feira, com 41 expositores confirmados no certame.

Na participação coletiva organizada pela Associação Selectiva Moda e o Citeve, a chamada Sport Textile Village From Portugal, estarão 29 empresas, divididas em duas “ilhas”, uma no Hall B3 e outra no Hall C3, em frente ao Ispo Textrends Forum, «que garante um bom fluxo de visitantes para as empresas lusas presentes nesse stand coletivo», refere Tânia Barros.

A estes somam-se ainda 12 expositores em nome individual, incluindo-se aqui o regresso do Grupo Impetus (que em edições anteriores chegou a estar presente com a Malhas CEF) e a estreia da EcoPro, finalista dos prémios Ispo BrandNew, que distingue as novas empresas mais promissoras na indústria.

No total, a Ispo Munich, a maior feira dedicada ao desporto, deverá reunir mais de 2.700 expositores, especialistas em segmentos como desportos de inverno, outdoor, saúde e fitness e desportos de equipa. Nesta edição, temas como a digitalização, mulheres no desporto e sustentabilidade estarão em destaque durante os quatro dias do certame.